Overdose: banda anuncia o relançamento de material antigo em CD

A banda mineira Overdose anuncia o relançamento do material de sua discografia no formato CD. Século XX (1985) e Conscience (1987), os dois primeiros discos do Overdose, devem ser relançados ainda neste semestre pela Cogumelo Records.

Em seguida, será a vez do Scars (1995), o último trabalho em estúdio da banda e até hoje inédito no Brasil. Ainda no próximo semestre, deverá sair o Addicted to Reality (1991), quarto álbum do grupo e que também será lançado em CD pela primeira vez. Para o ano que vem, ficam o Circos of Death (1992), o Progress of Decadence (1993) e o You’re Really Big (1989).

“Todos os CDs serão acompanhados de um DVD com shows da época de cada álbum. Os trabalhos serão lançados também em vinil de 180g e disco picture, em produtos diferenciados e de qualidade superior. O objetivo dos relançamentos é atender a atual demanda de colecionadores e de novos fãs do Overdose”, declarou o guitarrista Cláudio David.

Considerada uma das bandas mais antigas e consagradas do cenário brasileiro, Overdose surgiu em 1983, e no mesmo ano, lançaram a demo Última Estrela. Dois anos depois, sai o split Bestial Devastation / Século XX, pela Cogumelo Records, ao lado de seus conterrâneos do Sepultura.

Após alguns anos em hiato, o Overdose anunciou o seu retorno definitivo à ativa, contando com três integrantes originais, Cláudio David, Pedro Amorim “Bozó”, além do guitarrista Sérgio Cichovicz (1992-2002, 2008), e os novos membros: Bernardo Gosaric (baixo) e Heitor Silva (Bateria). O primeiro show ocorreu em fevereiro, no “Bloco dos Camisas Pretas” – o maior evento gratuito e beneficente de Rock/Metal de Minas Gerais, que ocorre em Belo Horizonte (MG) desde 2013. Neste show, a banda contou com a participação do Hélio Eduardo (primeiro baterista) e do baixista original Fernando Pazzini.

A banda Overdose é formada atualmente por:

Pedro Amorim “Bozó” – Vocal
Cláudio David – Guitarra
Sérgio Cichovicz – Guitarra
Bernardo Gosaric – Baixo
Heitor Silva – Bateria

Acompanhe o Overdose em: www.facebook.com/overdosebrazil / www.overdosebrazil.com.br

Comentários

Você pode gostar...