Deus Otiosus – Opposer

Por: (Arte Metal)

Agressivo, despojado e versátil são algumas das palavras que resumem o quarto álbum destes dinamarqueses. Opposer é um disco que mostra a evolução do quinteto de Copenhague, mas de forma natural e mantendo as características que sempre acompanharam o grupo.

Fato é que a banda, que um dia soou mais fúnebre e soturna, hoje se mostra mais relaxada, além de ter adquirido com o tempo um dinamismo raro de se encontrar no Death Metal mais enraizado. A variação tanto rítmica, quanto nos riffs e climas das composições são outros fatores primordiais.

Mas, se o ouvinte ficou apreensivo ao pensar que tais elementos tiraram a essência da sonoridade da banda, se engana. O DNA está ali em forma de brutalidade e agressividade, com guitarras que iniciam o trabalho com bases mais soltas e solos rápidos.

Com um início avassalador na trinca inicial Kneel, Disturbing The Dead e Stand Your Ground, onde mostram uma pegada até Hardcore e fortes letras, a banda consegue manter o pique, mas incorpora o Death Metal mais puro na segunda metade com músicas como The Opposers, To The Grave e March of the Unworthy. Tudo com uma produção natural acima da média e energia propícia. Mantendo a média dos álbuns anteriores.

Deus Otiosus

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Kneel
  2. Disturbing the Dead
  3. Stand Your Ground
  4. Haunter
  5. Towering Flames
  6. The Opposer
  7. To the Graves
  8. Return to Slavery
  9. Greater Horror
  10. March of the Unworthy

Links sobre a banda: 

Site

Facebook

Comentários

Você também pode se interessar por...