Hatefulmurder – Red Eyes

Por: (Arte Metal)

Fugindo de trocadilhos, o novo álbum do HATEFULMURDER traz sangue nos olhos. Tal fato agrada de cara, afinal de contas era mais que aguardada a estreia de Angelica Burns nos vocais e valeu à pena, pois estamos diante de um trabalho que não surpreende (pela qualidade já conhecida da banda), mas atende as expectativas.

Trazendo sua sonoridade extrema, que vai além do Thrash/Death Metal que um dia definiu a banda, “Red Eyes” mostra um quarteto coeso, objetivo e que sabe o que quer, tanto que exploram tudo quem podem em nove composições distribuídas em pouco mais de meia hora.

A destruição já vem de cara com a ótima composição Silent Will Fall, perfeita e brutal para a abertura do disco. Na faixa título (que se tornou videoclipe), a banda mostra que os refrãos são uma de suas forças e em meio a um instrumental tenso, Angelica conta com apoio das vozes limpas do guitarrista Renan Ribeiro, o que cai muito bem em contraste com suas linhas rasgadas.

Falando em refrãos, Riot é um ‘hit’ imediato e mostra uma perfeita composição para shows, já que incita o ‘pogo’ e a todos cantarem juntos. Time Enough at Last e sua leve melodia, My Battle e a obscura Creature of Sorrow, que encerra o disco, também merecem menção.

Com uma produção atual e equilibrada a cargo de João Milliet, “Red Eyes” mostra-se um disco maduro de uma banda esclarecida e entrosada. Destaque para a belíssima capa a cargo do grego Orge Kalodimas, que à primeira vista parece simples, mas é cheia de detalhes e mensagens. Quem ‘trampo’!

Hatefulmurder - Red Eyes

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. Silence Will Fall
  2. Red Eyes
  3. Tear Down
  4. Riot
  5. The Meaning of Evil
  6. Time Enough at Last
  7. My Battle
  8. You’re Being Watched
  9. Creature of Sorrow

Links sobre a banda:

Site

Facebook

Comentários

Você também pode se interessar por...