In No Sense – Despertar

Por: Alexandre Andrade

O álbum Despertar da banda cearense In No Sense me foi apresentado com os maiores elogios possíveis, por parte da sua atual gravadora, mas comigo a coisa só funciona na base do “ouça você mesmo”. Então, após algumas audições, felizmente, o disco me agradou bastante, ainda que Metal feito em nossa língua natal ainda me soe estranho, talvez por já estar muito acostumado com o inglês.

Despertar não esconde a que veio, e chuta a porta com um Metalcore veloz e com vários momentos cadenciados, incitando o headbanging a todo o instante. Parece até que as músicas foram feitas com este objetivo, o que torna a coisa toda empolgante por aqui. A produção da bolachinha é cristalina, e não fica devendo a nada que é lançado neste estilo por aí, o que acaba por ser motivo de muito orgulho para nós brasileiros, que sempre corríamos atrás do padrão de qualidade estabelecido pelos gringos. A cozinha formada pelo baixista Adilson Silva e pelo baterista Vicente Ferreira, garante a estrutura sonora necessária para os guitarristas Matheus Ferreira e Lucas Arruda despejarem seus riffs, bem latentes nas ótimas Despertar, Cão e Cárcere.

Primeiro passo dado com louvor em sua carreira. A In No Sense abriu com chave de ouro sua discografia, aliando bom gosto e peso, muito peso! Que venham outros trabalhos como este! O underground agradece…

Nota: 8,5

Track List:

  1. Despertar
  2. Cárcere
  3. Cão
  4. Memórias Póstumas
  5. Ao Seu Alcance
  6. Haciendo Tu Proprio Camino
  7. P. E. A- Perpétua Escuridão Advinda
  8. Precipício
  9. Véu do Acusar
  10. Santimônio
  11. Imunidade

Comentários

Você também pode se interessar por...