The Night Flight Orchestra – Amber Galactic

Por: (Arte Metal)

Se engana quem pensa que quem escreve sobre música sabe tudo e/ou conhece tudo que rola no mercado, longe disso. Aliás, isso nem é uma obrigação, desde que o crítico saiba o que está falando e tenha argumentos pra defender sua opinião. Talvez em relação a lançamentos os fãs sejam até mais atentos.

Bom, o primeiro parágrafo é pra dizer que está é a primeira vez que este redator ouve o THE NIGHT FLIGHT ORCHESTRA (antes só conhecia por nome) e ficou surpreso ao saber que se trata do terceiro disco da banda. Mais surpreso ainda em saber que o grupo é formado por nomes como Björn Strid (vocal, SOILWORK), Sharlee D’Angelo (baixo, ARCH ENEMY, SPIRITUAL BEGGARS, WITCHERY, MERCYFUL FATE), Jonas Källsbäck (bateria, MEAN STREAK), David Anderson (guitarra, MEAN STREAK, SOILWORK), Sebastian Forslund (guitarra) e Richard Larsson (teclado). Isto é, ícones do Melodic Death Metal.

Porém, a melhor surpresa foi a sonoridade, afinal de contas temos em mãos mais uma banda focada no Rock dos anos 70 / 80, porém longe da onda ‘vintage’, Stoner, Blues Rock. O que brilha aqui é o AOR e até influências da Disco Music e Motown. Que coisa maravilhosa!

Surpreendentemente (haja surpresa nesse disco!) a primeira faixa Midnight Flyer traz uma introdução falada em português (e com o nosso sotaque abrasileirado) e soa como uma típica faixa de abertura mesclando o AOR com o Space Rock, já mostrando um forte refrão e energia contagiante. As seguintes faixas são divertidas, Star of Rio e Gemini, e o álbum se mantém intacto, pro alto a todo o momento com foco nos fortes refrãos.

Mais surpresa vem com a excelente Domino, que nos leva a uma viagem entre TOTO e a Disco Music com um groove contagiante. O AOR volta com Josephine e mais um destaque fica por conta de Saturn In Velvet que seria um SURVIVE mais encorpado e serve pra gente andar de carro se imaginando em uma cena sem fala em um filme dos anos 80.

Com uma produção atemporal e fiel ao estilo proposto (assim como os timbres dos instrumentos), o THE NIGHT FLIGHT ORCHESTRA proporciona música boa do início ao fim em um disco que pode ser considerado tranquilamente um dos melhores de 2017. Que a mente aberta destes europeus contagie às mentes fechadas que ainda persistem na América do Sul. A versão nacional ainda traz um cover para Just Another Night, da carreira solo de MICK JAGGER.

The Night Flight Orchestra - Amber Galactic

Nota: 10

Tracklist:

  1. Midnight Flyer
  2. Star of Rio
  3. Gemini
  4. Sad State of Affairs
  5. Jennie
  6. Domino
  7. Josephine
  8. Space Whisperer
  9. Something Mysterious
  10. Saturn in Velvet
  11. Just Another Night

Link sobre a banda:

Facebook

Comentários

Você também pode se interessar por...