Uganga – Manifesto Cerrado

Por: (Arte Metal)

Após cinco álbuns, incluindo um ao vivo, os mineiros do UGANGA apresentam um trabalho que encerra um ciclo vencedor. Derrubando barreiras (várias delas), pelo fato de ser uma banda que conta com ícone do cenário brasileiro (Manu Joker, ex-SARCÓFAGO) e fazer um som não tão comum no cenário, a banda apresenta um excelente DVD duplo que mostra um show e um documentário.

Com um show especial realizado na estação ferroviária Stevenson em Araguari, o primeiro DVD mostra a potência que a banda é ao vivo. A apresentação intimista, em forma de círculo foi gravada antes do lançamento de “Opressor” (2014), onde a banda ainda contava com ‘apenas’ dois guitarristas, sendo que o terceiro e atual Murcego participou como convidado especial.

Outro convidado especial foi Juarez ‘Tibanha’ (SCOURGE, ex-CIRRHOSIS) que vocifera na faixa Menino de Pedra. O repertório é equilibrado, mas já focava em “Opressor”, que é o melhor e mais maduro disco da banda. Tanto captação de imagens do show, quanto o áudio soam praticamente perfeitos, mérito de Eddie Shumway que é o diretor do vídeo e do documentário, além de Gustavo Vasquez que gravou, mixou e produziu o áudio (além de todos os envolvidos, é claro.)

O documentário não foge ao comum deste tipo de produção e conta de forma precisa a história da banda, que surgiu em 1993 ainda sob a alcunha de GANGA ZUMBA, contando ainda com Manu na bateria (hoje ele é vocalista). Com mais de uma hora de gravação, consegue prender o telespectador, talvez até aquele que ainda não conheça a banda, pois mostra um lado que une o humano e o profissional.

Com um rico material, o documentário tem um dinamismo interessante, mostrando desde depoimentos, até imagens e vídeos pessoais, além de uma perspectiva bem atual. Conta grande parte da produção do álbum “Opressor”, que ainda seria lançado e ainda traz muitas participações como de Murillo Leite (GENOCÍDIO), Ralf Klein (MACBETH), Arthur Von Barbarian (VULCANO), entre outros.

Há também imagens da banda em sua tour pela Europa, local que conquistaram de imediato e de onde foi gravado o excelente “Eurocaos – Ao Vivo” (2013). “Manifesto Cerrado” foi financiado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Araguari (MG) e é um documento histórico pro cenário nacional de um dos grupos que mais conseguiu atingir sua própria identidade na música pesada brasileira. O melhor? Está disponível online no Youtube pra quem quiser conferir (veja abaixo).

Resultado de imagem para uganga manifesto cerrado

Nota: 9,0

Link sobre a banda:

Facebook

Comentários

Você também pode se interessar por...