• Post author:
Shaman Reunion. 22 de setembro de 2018. Audio, São Paulo, Brasil. Foto: Leandro Pena.

Sim, o tempo passa. Já faz muito, mas muito tempo, desde aquele longíncuo 21 de abril de 2001 onde, no extinto Via Funchal, o Shaman se apresentou pela primeiríssima vez ao público. Àquela época, a banda só tinha lançado uma demo de quatro músicas, sendo “Time Will Come” o primeiro hit, tocando em programas e rádios especializadas. Poder ter visto a banda em seu início e ver a Shaman Reunion no dia 22 de setembro de 2018, foi incrível.

Na parte de fora da Audio, casa de shows localizada na zona oeste de São Paulo, já podia se notar as filas enormes que se formavam, faltando cerca de uma hora e meia para o início do espetáculo. Podíamos ver fãs na casa dos 30 anos (ou mais) e fãs mais jovens, que provavelmente não tiveram a oportunidade de ve-los ao vivo.

Shaman Reunion. 22 de setembro de 2018. Audio, São Paulo, Brasil. Foto: Leandro Pena.

A hora chegou. 21h, luzes se apagam, fãs em histeria, e no telão é projetado um vídeo com imagens de fãs, shows e um depoimento de Andre Matos sobre a banda, lá nos primórdios. E ao final do vídeo, entram os músicos e tem início o primeiro ato da Shaman Reunion: “Reason”, album de 2005. Logo depois a banda “se afastou” do que era. Mas os fãs, sempre fiéis, não desanimaram com os caras e nunca se afastaram. Talvez tenha sido esse o motivo – ou um deles – para esta reunião.

Hugo Mariutti (guitarra), Luis Mariutti (contrabaixo), Ricardo Confessori (bateria), tendo Andre Matos (voz, piano, teclado) na linha de frente – com o apoio de Fábio Ribeiro nos teclados e Bruno Sutter fazendo as vozes originalmente gravadas por Tobias Sammet – regiam a plateia, e “o som de milhares de vozes” era ouvido a cada nova canção executada. Uma coisa é certa: eles queriam mais…

Shaman Reunion. 22 de setembro de 2018. Audio, São Paulo, Brasil. Foto: Leandro Pena.

É feito um breve intervalo, onde cenas mais antigas da banda eram mostradas, como os primeiros ensaios e gravações, entre outros momentos. E em seguinda, o segundo ato do espetáculo: “Ritual”, album de estréia da banda, de 2002. E foi incrível a resposta da audiência na intro e nos acordes da primeira música, parecia que o show havia começado ali. E como a própria música diz, e parecia que uma confissão, um voto de confiança, de que ali estavam, de braços abertos, tanto a banda como a plateia, para o que der e vier, “para o amanhã”.

Não há muito mais o que dizer a não ser que, para muitos ali, o momento era similar a um “conto de fadas”, daqueles com finais felizes, como foi essa apresentação (e como deve ser a do dia seguinte, 23, no mesmo local), que com certeza encheu de “orgulho” a banda e seus seguidores.

Set-list

Turn Away
Reason
More
Innocence
Scarred Forever
In the Night
Rough Stone
Iron Soul
Trail of Tears
Born to Be

Interlúdio

Here I Am
Distant Thunder
For Tomorrow
Time Will Come
Over Your Head
Solo – Piano
Fairy Tale
Blind Spell
Ritual
Pride (Participação: Bruno Sutter)

Shaman Reunion. 22 de setembro de 2018. Audio, São Paulo, Brasil. Foto: Leandro Pena.

Confira a galeria de fotos completa deste show