• Post author:

Há cerca de um mês, o mundo conheceu o coronavirus – também chamado de COVID-19 – e seus efeitos através da cidade de Wuhan, na China. A partir daí, começou a aumentar a preocupação por parte de todos os envolvidos nos negócios musicais sobre a propagação do vírus e suas consequências. Essa semana, A OMS (Organização Mundial da Saúde) decretou pandemia. Alguns países aumentaram os cuidados para evitar a propagação, como o fechamento de aeroportos, estabelecimentos reduzindo seus horários, escolas fechadas, empresas recomendando que funcionários fiquem em suas casas ou trabalhem home-office, eventos esportivos com portões fechados e adiamento/cancelamento de eventos com presença de público – como os shows e turnês, dos quais falaremos um pouco.

Há algumas semanas, o show das bandas Testament, Exodus, Death Angel, que ocorreria na Itália (um dos países mais afetados pelo coronavirus) foi cancelado. Slipknot anunciou que o Knotfest Japan e sua turnê asiática foram cancelados.

Segundo o site Metal Injektion, diversas bandas tiveram suas datas postergadas ou canceladas por conta da pandemia. Bandas como Rage Against the Machine, Tool e Kiss e Pearl Jam terão suas datas agendadas para março nos Estados Unidos remarcadas. A banda Fleshgod Apocalypse, impossibilitada de entrar no país, terá sua turnê remarcada também. O festival Coachella foi reagendado para outubro. O Sepultura também adiou sua “Quadra Tour” no território, juntamente com Sacred Reich e Crowbar.

Os shows da “The Decibel Tour 2020”, com Mayhem, Abbath, Gatecreeper e Idle Hands, que aconteceriam na Costa Oeste no mês de março, foram cancelados. O Emperor, que se apresenta em maio em São Paulo, teve o seu show marcado para esse fim de semana na Rússia cancelado, e o Lacuna Coil cancelou todos os seus shows.

Ainda na Europa, o Riverside, que tem data marcada para a segunda semana de abril em São Paulo, teve dois shows cancelados na Hungria e Romênia essa semana. Já os shows que Anneke van Giersbergen faria em sua “Anneke Goes To Church Tour” pelos Países Baixos – entre 15 de março e 25 de abril incialmente, foi remarcada para outubro. E o Krisiun teve toda a sua “Slaying Steel Over Europe” – com Gruesome e Vitriol – cancelada.

E O BRASIL?

No Brasil, os casos de suspeita e de confirmação do COVID-19 vem aumentando a cada hora que passa. Em relação aos shows, alguns adiamentos e cancelamentos já começaram a surgir.

  • A turnê de Sammy Haggar & The Circle foi cancelada oficialmente há alguns dias (a data do Chile já havia caído semana passada), com o “Red Rocker” postando um vídeo sobre essa informação, inclusive.
  • O show das bandas Converge e Tribal Seeds (Sick of it All já havia desistido do show na semana passada).
  • Lollapalooza Brasil: vários veículos de imprensa dão a informação que o festival será adiado, porém nenhuma informação oficial ainda da organização (as edições da Argentina e Chile foram oficialmente adiados).
  • O show da banda Cólera, que ocorreria nesse final de semana na Central Panelaço, em São Paulo, também foi cancelado.
  • A turnê latinoamericana da banda Turilli / Lione Rhapsody acaba de ser adiada

O show que a banda The Hellacopters faria hoje na Argentina foi cancelado, pois não foi possível a banda viajar até Buenos Aires, local do show. Porém o show de São Paulo, marcado para o dia 14, está mantido. O da banda Between the Buried And Me e o Oveload Beer Fest, que ocorrem dia 15, domingo, também estão confirmados.

Outros shows ocorrerão nas próximas semanas. Atualizaremos assim que soubermos de mais informações.

Não sabe o que fazer ou está em dúvida sobre os sintomas do Coronavirus COVID-19? Acesse http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/coronavirus/ e saiba como se prevenir.