Por: (Arte Metal)

Quem pôde acompanhar o lançamento do debut álbum destes capixabas, irá se surpreender com a mudança de direcionamento e evolução que o quarteto apresenta neste novo disco. Formada em 2011, este é o segundo full-lenght da banda e o quarto trabalho se contarmos o EP e o split que já lançaram.

Iniciando sua carreira com o foco no Groove Metal, hoje temos uma banda mais bem lapidada e que aposta em sonoridades que caminham pelos trilhos do Sludge, Stoner e Doom Metal, sendo que se saem muito melhor atualmente do que em seus primórdios.

A mescla de estilos não tem sido muito comum por aqui, mas tem atingido em cheio o underground da América do Norte e da Europa e, jamais querendo soar bairrista, o Broken & Burnt soa de tão ou até mais qualidade que as bandas ‘gringas’ que apostam nesta fórmula.

A característica da banda é mantida com a inclusão de uma boa dose de ‘groove’ nas músicas, mas o que encontramos em “It Comes to Life” é um som na maior parte cadenciado, com guitarras ultra-distorcidas e um baixo cheio de pegada. Há variações, mas bem de leve e na medida.

Isso sem contar que a produção é acima da média e casa perfeitamente com a proposta da banda. Difícil mesmo é destacar uma ou outra composição, já que o disco possui um equilíbrio quase que perfeito entre as músicas. Mesmo soando pesado e bruto, “It Comes to Life” irá agradar também ao público alternativo.

Broken & Burnt - It Comes to Life

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. It Comes to Life
  2. Bestowing Animation
  3. Unexpected Dirge
  4. Along the Way
  5. Eve
  6. Dead Womb
  7. Deep Inside the Void
  8. Cold Letters
  9. Darkness & Distance

Links sobre a banda: 

Facebook / Soundcloud

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.