Por: (Arte Metal)

Mais uma empresa de comunicação e gerenciamento que vem se consolidando no meio Rock/Metal, O SUBSOLO chega ao quarto volume de sua coletânea e mostra um cast bem variado de estilos, com bandas abrangendo desde o Rock nacional, passando pelo Rock and Roll, Punk e indo até o Metal mais extremo.

E essa coletânea em especial, ao menos ao que vos escreve, traz bastante novidades, pois muitas bandas nunca tinha ouvido falar. A qualidade oscila entre o regular e o ótimo, inclusive nas produções (onde cada banda é responsável) e isso é muito positivo.

Portanto, vamos aos destaques. O primeiro deles é a banda MEDJAY que ficou com a bucha de abrir o trabalho. O grupo mineiro aposta num Heavy/Power Metal potente e bem elaborado, com arranjos ricos. O SYN TZ, de Santa Catarina, manda bem num Metalzão abrangente, focado no Thrash noventista, sendo que o Lacuna já aposta no Thrashcore atual mesclando vocais sujos e limpos.

O maior destaque do trabalho é o MUQUETA NA OREIA que traz som novo, que inclusive é sua atual música de trabalho. Samba de Maria é uma faixa com foco no Thrash Metal, com uma letra social/religiosa ácida, além de mesclar com ritmos brasileiros. O BRUTALSICK mescla algo entre o Industrial, Gothic e Alternativo que fica difícil classificar, mas muito interessante.

Outros destaques ficam por conta do OCTODEMON e seu Heavy Rock sensacional, além do DISTRITO ZERO com seu Rap/Metal inteligente, o DEATH CHAOS e o REST IN CHAOS representando o Metal extremo. Por fim, no geral, uma empreitada equilibrada e que traz bastante coisa nova e boa.

Resultado de imagem para Coletânea O Subsolo – “Vol.4”

Nota: 8,0

Link: 

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.