Por: (Arte Metal)

A formação atual do DAMAGEWAR traz uma seleção do underground nacional, contando com o fundador David Fulci (guitarra, AJNA, GESTOS GROSSEIRSO, ex-ANARKHON), Maurício ‘Cliff’ Bertoni (baixo, DEATHGEIST, ex-BRUTAL FAITH, entre outros) e JP Carvalho (vocal, YEKUN).

Neste segundo trabalho, O Thrash Metal característico da banda se faz presente trazendo influências de seus novos integrantes, já que tanto Maurício, quanto JP vêm de escolas mais abrangentes. Então, além do estilo citado, nota-se leves toques de Death Metal (na brutalidade imposta) e até as influências de Groove Metal.

É interessante que mesmo navegando por mares conhecidos, o DAMAGEWAR consegue soar bem característico, com forte identidade. Isso já fica evidente na paulada faixa título, que abre o disco com riffs secos e velocidade em menos de dois minutos. God of Chaos é mais variada e melódica, sem deixar as batidas secas de lado e conta com participação de Kleber Hora do GESTOS GROSSEIROS.

Necrozumbi, que fecha o trabalho, traz participação de Diego Nogueira Sábio, vocalista da banda paulista ANTHARES, e baixista da banda BLASTHRASH, e mostra uma veia mais reta e com influências de Hardcore. Cantada em português, a música traz uma levada diferente e soa bem excêntrica. Produção muito boa, atual, porém natural e uma banda com pegada de verdade.

DamageWar - Dead Skin Devourer

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Dead Skin Devourer
  2. God of chaos
  3. Necrozumbi

Link sobre a banda: 

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.