Por: (Arte Metal)

Os fluminenses do Dark Slumber é a típica banda que caminha entre estilos que se completam. Isso faz com que este debut, lançado 4 anos após a banda se formar, se torne um trabalho interessante e de muito bom gosto, principalmente para uma estreia.

A banda, que anteriormente lançou apenas a demo Qliphotic Black Dimensions (2013), mescla em sua sonoridade elementos que vão desde o Black e Death Metal, passando por arranjos que nos remetem diretamente ao Doom e Dark Metal, principalmente no clima obscuro que permeia o trabalho.

A versatilidade da banda começa pelas linhas vocais de Guilherme Corvo (também guitarrista) que utiliza o gutural e o rasgado de forma adequada, chegando a dobrá-los em alguns momentos, gerando um resultado muito interessante. Mas, essa versatilidade não se restringe somente a isso.

Desde o andamento variado das composições, temos trabalhos de guitarras abrangentes que vão desde o peso, agressividade à melodia na medida certa. Isso sem contar as ótimas linhas de baixo que aqui teve seu grande destaque por sustentar o peso das composições de forma abrupta. Isso sem contar a bateria bem explorada que comanda as mudanças de andamento com viradas interessantes.

A gravação feita no LM Estúdio, com masterização no Sun Room Audio (EUA) e mixagem no Morbid Mastering (EUA) é bem orgânica e traz um clima típico das bandas nacionais de Metal extremo, só necessitando de um pouco mais de limpidez (mero detalhe). Destaque para Sorrowful Winter Breeze, a agressiva Dying Inside, Lucifere a belíssima e com veia Gothic/Doom All the Lights Fade Away.

Dark Slumber

Nota: 8,5

Tracklist:

01. Reverberating Emptiness
02. Sorrowful Winter Breeze
03. Vomiting Upon the Cross
04. Dying Inside
05. Dark Slumber
06. Lucifer
07. All the Lights Fade Away

Links sobre a banda:

Site Oficial / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.