Por: (Arte Metal)

Que banda legal a FREAKY JELLY! Os motivos disso tudo a gente discorre durante a resenha, pois primeiro os apresentaremos. O grupo é formado por Ricardo DeStefano (vocal, Inheritance, ex-Andragonia), Andre Faustino (guitarra), Rafael de Paula (baixo), Maurício Grosso (bateria) e Julio Vince (teclados) e surgiu em 2013.

“Reverse” é o primeiro disco da banda e foi lançado pelo selo Rockshot Records da Itália. O Prog Metal da banda, a primeira vista, pode parecer comum, mas o quinteto possui qualidades raras no estilo e consegue soar interessantíssimo em sua estreia.

Unir a sutiliza com peso é um dos primeiros requisitos que faz de “Reverse” um álbum legal de se ouvir, sendo que a banda prima por mostrar música de verdade, sem exibicionismo como é de praxe dentro do estilo. Tudo muito bem estruturado e arranjado.

Guitarras bem guiadas, com uma sessão rítmica de dar gosto, a FREAKY JELLY consegue distribuir dinamismo em músicas longas que poderiam ser facilmente entediantes, mas que soa ao contrário disso e ainda trazem camas de teclados que beiram a perfeição, enriquecendo ainda mais uma sonoridade já riquíssima.

DeStefano se mostra um vocalista diferenciado, talvez um dos melhores do estilo, com equilíbrio e bom timbre, destilando boa carga emocional em sua interpretação. Desde a longa (e bela) instrumental ‘floydiana’ Reflections, passando pela ótima Highest Ground, a belíssima Nothing To Feel, a megalomaníaca Saints and Sinners e a suíte Behind The Memories, que é dividida em três faixas e encerra o trabalho, “Reverse” tem muito a oferecer.

Freaky Jelly - Reverse

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Reflections
  2. Highest Ground
  3. Alicia’s Garden
  4. Nothing to Feel
  5. Saints and Sinners
  6. Hardest Part of Goodbye
  7. Behind the Memories – Part. I – Illusions
  8. Behind the Memories – Part II – Wake Up
  9. Behind the Memories – Part III – Morning Glory

Link sobre a banda:

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.