Por: (Arte Metal)

Definitivamente adaptado ao KAMELOT, Tommy Karevik tem em “The Shadow Legacy” o seu álbum definitivo. Pois a banda tem em seu décimo segundo disco a identidade adaptada ao seu atual vocalista, que há seis anos chegou ao grupo. Mas é bom salientar que isso se deu em conjunto, com o KAMELOT mantendo suas características e Karevik as suas.

“The Shadow Theory” é um álbum onde a principal banda norte-americana de Prog/Power Metal não arrisca muito, faz o que sabe fazer e soa mais objetiva como poucas vezes. Tudo bem que é um trabalho meio sombrio, até porque mantém aquela temática mais pós apocalíptica, mas isso não impede de ser um típico disco do KAMELOT.

O disco marca a estreia do baterista Johan Nunez (DARKBLAZERS, FIREWIND, MERIDIAN DAWN), que substituiu Casy Grillo, uma missão difícil, pois o músico estava há quase vinte anos no KAMELOT. Porém, apesar de uma seção rítmica não muito versátil, tudo corre bem na cozinha.

THOMAS YOUNGBLOOD mantém sua pegada, com riffs simples e solos oportunos sem muita exacerbação, mas sempre com riquezas no arranjo e melodias interessantes. Karevik se mostra seguro e as composições realmente são boas, o que prova que o que vale é o resultado final.

Refrãos fortes destacam composições como Phantom Divine (Shadow Empire), Ravenlight e a excelente Burns to Embrace, uma das melhores e mais pegajosas do disco que conta com um refrão de coro infantil, comandado pelo filho do guitarrista Thomas Dalton Youngblood.

Falando em participações especiais, o disco conta com diversas delas, sendo as mais ilustres a de Sascha Paeth (ex-HEAVENS GATE) que também produziu o disco, Jennifer Haben do BEYOND THE BLACK e Lauren Hart do ONCE HUMAN. Um trabalho que define bem o que é o KAMELOT.

Kamelot - The Shadow Theory

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. The Mission
  2. Phantom Divine (Shadow Empire)
  3. Ravenlight
  4. Amnesiac
  5. Burns to Embrace
  6. In Twilight Hours
  7. Kevlar Skin
  8. Static
  9. Mindfall Remedy
  10. Stories Unheard
  11. Vespertine (My Crimson Bride)
  12. The Proud and the Broken
  13. Ministrium (Shadow Key)

Links sobre a banda: 

Site

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.