Por: (Arte Metal)

Este é o segundo álbum destes romenos e, apesar de se auto-rotularem Black Metal, a coisa aqui vai mais adiante, aliás, bem mais. Fato é que Negativity segue a proposta do debut e mostra o grupo ainda mais maduro e característico.

Os elementos do Metal negro se fazem presentes em diversos quesitos, como as guitarras ríspidas, que não são entoadas a todo o momento, e também nos vocais rasgados, que se alternam com limpos e sussurros. Porém, os arranjos aqui apresentados vão além e carregam diversos climas.

O flerte com a Ambient Music e o Dark Metal se faz presentes, principalmente quando os arranjos aparecem dando climas mais brandos e em passagens totalmente cadenciadas, mostrando uma banda versátil e com certo misticismo em suas composições.

Abordando temas que incomodam a sociedade (inclusive a própria misantropia) como morte e suicídio, o Katharos XIII mostra aí também que foge mais do comum dentro do estilo. As músicas são complexas e variadas, longas, porém não cansativas, mas exigem uma atenção maior que o normal. Interessante.

Katharos XIII

Nota: 8,0

Tracklist:

  1. XIII
  2. Negativity
  3. No One Left to Lead the Way
  4. The Chains Are So Beautiful
  5. World’s Coffin
  6. I Die Everytime I Walk This Path
  7. Inside

Link sobre a banda:

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.