Por (Arte Metal)

O Maestrick é uma banda do interior de São Paulo, mais precisamente de São José do Rio Preto/SP, que mescla muito bem o melhor do Rock/Metal Progressivo, o que ficou comprovado em seu debut Unpuzzle! (2011). A banda vem trabalhando em seu segundo disco e pra saciar a ansiedade da galera soltou este EP.

Fato é que este novo trabalho serve pouco como referência ao que está por vir (a não ser algumas deixas) e também foge de alguns ‘padrões Metal’ que a sonoridade própria do grupo possui. O disco homenageia as bandas que influenciaram o grupo e são referências fundamentais no mundo do Progressivo.

Para quem reparou na capa do trabalho, já notou que a referência é Dark Side of The Moon e a sua maneira a banda transformou Almost a Brain Damage do Pink Floyd em Near – Brain Damage. Com uma letra adaptada, destilam à sua maneira mantendo as referências, uma versão bem interessante.

Fugindo um tanto da mesmice, o grupo investe em versões bem particulares, com arranjos originais, mas sempre buscando certa adaptação e deixando enigmas como no medley de Yes Yes, It´s a Medley e nas versões de The Ogre Fellers Master March – Part I: The Battle e The Ogre Fellers Master March – Part II: The Fairy and the Black Queen do Queen.

Aqualung do Jethro Tull e While My Guitar Gently Weeps dos Beatles são as músicas mais conhecidas e as que mais se notam certa fidelidade, talvez pelo fato de serem canções que beiram a perfeição. Mesmo assim, o Maestrick conseguiu infiltrar nelas seu DNA.

Ainda tem a reprise de Near – Brain Damage e Rainbow Eyes do Rainbow que entra como bônus, e mostra uma versão simplesmente maravilhosa. A produção da própria banda é bem propícia e condiz com a proposta. Lembrando que a mixagem e masterização é de Leandro Matos.

Maestrick - The Trick Side of Some Songs

Nota: 8,5

Links sobre a banda:

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.