Por: (Arte Metal)

O MOTHERWOOD é um novo projeto, formado em 2016 por Guilherme Malosso (vocal/guitarra/baixo/bateria, DEATHTRON, MINOTTAURO) e Yuri Camargo (bateria/sintetizadores, DEATHTRON, MACATÊNIA) e que divulga agora seu primeiro registro.

A sonoridade implantada pela dupla tem foco num Black Metal que ganha ares atmosféricos e flerta com o Doom Metal. Algo que pode preencher a lacuna que nomes como KATATONIA e OPETH deixaram aberta em seus passados. O diferencial, é que o MOTHERWOOD soa mais denso e atual.

Com um instrumental denso, a banda traz duas faixas com características diferentes, porém com o mesmo DNA. Enquanto Sadness se mostra mais sentimental e cadenciada, Coldness mostra mais agressividade e variação. Ambas possuem arranjos atmosféricos que nos transporta para nomes como Emperor e Dimmu Borgir, quando faziam algo mais enraizado nos anos 90.

Com uma temática que mostra a natureza e sua angústia perante o ser humano, o grupo consegue satisfazer e atingir seu objetivo final com uma sonoridade imponente e de muito bom gosto, que além de tudo mostra uma produção de qualidade, a cargo de seus próprios integrantes. Melhor trabalho do ano neste formato até então.

Resultado de imagem para Motherwood – “Motherwood”

Nota: 9,0

Link sobre a banda:

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.