A badna Quintessente, que retornou no ano passado, é da Terra do Samba, Calor e Metal de muita qualidade, veio com um disco do ano passado, 2017, mas eles vieram com não somente um disco, mas sim um presente ao cenário Undergound Nacional.

“Songs From Celestial Sphere” é um disco completo, com temas e tempos lindos, passagens pelo Doom, Death Metal e pelo som mais mais pesado, eu peguei influências de Paradise Lost, Teatre Of Tragedy antigo e muitos podem discordar de mim, mas várias vezes na audição dessa maravilha, o Dark Tranquility em sua fase mais Gótica(Projector) me veio a cabeça, ou seja, criando no que eu disse, uma salada incrível, parece que é até difícil fazer um “molh” que ligue toda essa “salada”, mas acreditem, o Quintessente conseguiu.

Sobre o disco, são 10 músicas maravilhosas que te levam para uma viagem ímpar, 10 sons completamente divergentes um do outro, cada um com a sua personalidade, fazendo a audição de “Songs…” fácil, meus destaques ficarão pras músicas “Essente”, que tem uma melodia maravilhosa durante o percurso de audição e “Unleash Them”, que te joga, com agressividade no Doom/Death Metal, coisa linda, essa mostrando o quão importante o Paradise Lost foi pra banda. Os músicos em si, todos fizeram um trabalho maravilhoso, eles estão de parabéns e não quero tirar em nenhum momento a importância deles para a beleza desse material, mas o trabalho de André Carvalho (vocal) e Cristina Müller (teclado e vocal) foi muito bem feito, pois, mesmo sendo muito usado em anos, o contraste Gutural/Lírico, Anjo e Demônio é perigoso, mas no caso deles, foi feito com muito esmero, deixando as passagens maravilhosas e muito bem trabalhadas.

Pra quem conhece, vale a pena revisitar sempre, pra quem não conhece o som da banda, corram atrás, a dica é, tem o som deles no Spotify(cliquem ao lado pra ir ao artista) e deleitem-se com o que o Brasil pode te mostrar de qualidade musical pesada.

 

NOTA: 9/10

 

Augusto Hunter

TI, Headbanger e Redator desse estimado Portal.