Por: (Arte Metal)

O SAMAEL carrega o peso de clássicos absolutos do Black Metal como “Worship Him” (1991), “Blood Ritual” (1992) e “Ceremony of Opposites” (1994) até os dias atuais. Peculiares, mas sem exageros, os discos marcaram época e a banda, com suas características únicas.

Depois, mesmo lançando trabalhos de qualidade, a banda optou por ousar e investiu em trabalhos mais abrangentes e modernos, adotando elementos eletrônicos e industriais, o que gerou a fúria de seus seguidores. Mesmo tendo discos de qualidade, como o famigerado e polêmico “Eternal” (1999).

Mas, mudanças bruscas correm esse risco, e a única coisa que não pode ser contestada é o talento do grupo suíço encabeçado pelos irmãos Xy (bateria/teclado/programação) e Vorph (guitarra/vocal), que aqui contaram com Mak (guitarra) e Drop (baixo), dois recém-chegados.

Talvez “Hegemony” seja o trabalho que mais se aproxime do Metal extremo que a banda apresentou 24 anos atrás, quando lançou “Ceremony of Opposites”. Sim, ainda há os elementos industriais, mas aqui eles servem como acessórios, sendo que o peso e a organicidade do Metal aparecem nas cordas. Ou seja, as guitarras estão muito boas neste que é o décimo primeiro disco da banda.

A batida da bateria programada deixa o som maçante em alguns momentos, parece repetitivo, com algumas poucas variações, mas quando a banda investe em sintetizadores sinfônicos, isso tudo é suprido e o orgulho de ouvir SAMAEL volta à tona sem pestanejar.

É só ouvir composições como Samael, Black Supremacy (soberba!), Land of The Living e Dictate of Transparency. A produção do vanguardista Waldemar Sorychta e do próprio Xy conseguiu deixar a sonoridade orgânica, mais um passo de volta ao passado do SAMAEL. Ainda há um cover para Helter Skelter dos BEATLES que ficou muito legal e a bônus de Storm of Fire.

Samael - Hegemony

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Hegemony
  2. Samael
  3. Angel of Wrath
  4. Rite of Renewal
  5. Red Planet
  6. Black Supremacy
  7. Murder or Suicide
  8. This World
  9. Against All Enemies
  10. Land of the Living
  11. Dictate of Transparency
  12. Helter Skelter (The Beatles cover)
  13. Storm of Fire

Links sobre a banda: 

Site

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.