Por: (Arte Metal)

O SHOTDOWN formou-se em 2009 em Mirassol/SP. Começaram fazendo covers até o amadurecimento necessário para embarcarem de vez no “autoral”. Após lançamentos de singles em 2015, a banda, finalmente, nos presenteia com “Odium Innatum” (distribuição Die Hard Records), o primeiro full-lenght.

Há influências de METALLICA, PANTERA, MOTÖRHEAD e SEPULTURA. Há um “quê” de “rethrash” em algumas melodias, nas quais podemos identificar a Bay Area de São Francisco, de bandas como o FORBBIDEN, por exemplo.

O trabalho de composição foi muito bem feito. Os anos de estrada deram a experiência necessária para a banda criar riffs e harmonias com influências, mas com personalidade acima de tudo. São dez faixas que oscilam entre o Thrash e o Metal Tradicional, em especial o dos anos 80.

Nem aprece que é o primeiro full de uma banda, pois não há “vácuos” tanto nas composições, quando na produção. Futuro promissor!

Faixas: 01 – Murderground 02 – Inbred Hatred 03 – Typhoon 04 – Secluded 05 – Uncritical 06 – Wheel of Fate 07 – A Toast To your Corrupted Nature 08 – Hidden Asylum 09 – Mind and Matter 10 – Glass Children.

Formação: Gui Blacksteel (vocais), Danilo “Donni” Origa (guitarras), Mateus Jammal (bateria) e Gabriel “Risada” De Aro (baixo).

Shotdown - Odium Innatum

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. Murderground
  2. Inbred Hatred
  3. Typhoon
  4. Secluded
  5. Uncritical
  6. Wheel of Fate
  7. A Toast to Your Corrupted Nature
  8. Hidden Asylum
  9. Mind and Matter
  10. Glass Children

Link sobre a banda: 

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.