Por: (Arte Metal)

O TORMENTOR BESTIAL chega com seu terceiro disco dando aula de como é soar atual sem cair nas armadilhas do modernismo, que muitas vezes artificializa o Metal. Não que isso seja um problema, mas artificial já soa como algo pasteurizado, muito reto e isso não é visto com bons olhos pelos apreciadores do estilo.

Mantendo sua pegada Thrash/Heavy Metal, a banda do Vale do Paraíba, traz em “Supplicium Plus Quam Bestia” sua pegada mais densa e criativa, mostrando viver um momento onde a coesão é o forte do quarteto. Afinal, técnica e feeling aqui se alinham como pouco se tem visto.

Comecemos pelos fortes riffs de guitarras que trazem uma massa sonora muito consistente e com timbres de encher os olhos. Os solos ajudam a conduzir a melodia imposta, que é bem dosada e soa bem equilibrada. Aliás, a banda consegue manter esse equilíbrio em todos os quesitos.

A cozinha comanda a variação rítmica e ainda alia no peso. Difícil destacar uma ou outra faixa, mas uma merece uma atenção especial: a belíssima Doravante Brasil, que instrumentalmente segue o padrão do álbum, mas traz uma aura diferente. Ainda há momentos Death Metal puro, como na faixa Into The Storm. Aprovado!

Tormentor Bestial - Supplicium Plus Quam Bestia

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Own Hell
  2. Nephelins
  3. Tormentor Bestial
  4. The One
  5. Make Your Choice
  6. Scars
  7. Like a Flame
  8. Doravante Brasil
  9. Fucking Duality
  10. Into the Storm
  11. Supplicium Plus Quam Bestia
  12. From the Past to the Future

Link sobre a banda: 

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.