Por: (Arte Metal)

“Plastic Green Head”, até pelo nome, mostrava que o TROUBLE havia se enfiado de vez na psicodelia apresentada no álbum anterior “Manic Frustration” (1992). Até nas cores da arte gráfica a banda se mostrava de certa forma até lisérgica (ao menos no conceito artístico).

Porém, o sexto disco de estúdio dos norte-americanos de Chicago, soa mais diversificado e traz uma influência muito interessante de BLACK SABBATH. Praticamente une o que a banda começou fazendo ao que a banda se arriscava na época, mas com uma riqueza de arranjos nunca vista antes no TROUBLE.

Não é o trabalho mais fácil de digerir, longe disso, mas soa acessível depois de várias audições. Afinal, nem tudo que é bom, é inicialmente assimilado. Já na faixa título, que abre o disco, o TROUBLE mostra a que veio e que a pegada do disco anterior seria o foco.

Porém, ao ouvir Flowers, nota-se que a banda primou mais por diversificar sua sonoridade, incluindo veias Doom tradicionais com momentos mais ácidos. O que pode ser notado em faixas como Opium-Eater e Long Shadows Fall que trazem nítidas influências de BLACK SABBATH da fase “Vol. 4” (1972) e “Sabbath Bloody Sabbath” (1973).

Ainda pode se destacar os dois covers que a banda presta, um para The Porpoise Song dos MONKEES e Tomorrow Never Knows dos BEATLES, ambas caindo perfeitamente bem ao clima do disco. “Plastic Green Head” encerraria uma fase dourada do TROUBLE que durou praticamente 15 anos.

Trouble - Plastic Green Head

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Plastic Green Head
  2. The Eye
  3. Flowers
  4. Porpoise Song (Monkees cover)
  5. Opium-Eater
  6. Hear the Earth
  7. Another Day
  8. Requiem
  9. Below Me
  10. Long Shadows Fall
  11. Tomorrow Never Knows (The Beatles cover)

Links sobre a banda: 

Site

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.