Por: (Arte Metal)

Estes suecos andam por caminhos que hoje são perigosos dentro do Heavy Metal, mas que quando se consegue chegar ao destino a gloria é conquistada. Além do mais, assim como há muita gente que odeia esse percurso, há fãs fieis que não poupam esforços pra apoiar as bandas.

Apostando em um Heavy Metal épico e sinfônico, que não economiza em abordar temas fantasiosos, a banda incrementa em seu som, passagens clássicas que parecem trilha sonora de filmes fantasiosos e orquestrações, além de corais, muita melodia e pompa.

Não há cautela na abordagem, e quem pensa que a banda perde com isso se engana. Em uma primeira audição parece que estamos diante do mais do mesmo, porém estamos mesmo. Fato é que quando se ouve com atenção o disco, cada vez nota-se mais detalhes. Clichês, sim, aos montes, mas bem feitos e com detalhes que são descobertos gradativamente.

O negócio fica ainda melhor com encarte em mãos, já que a banda traz em cada um de seus integrantes um personagem de toda a história (na linha RPG), e conta detalhes de cada um, além de mostrar a ficha de qualidades de cada um e seu próprio desenho. Para os ‘nerds’ de plantão um deleite.

Sim, há guitarras, e com riffs típicos palhetados rápidos, solos virtuosos e melódicos, além daquela cozinha típica, com direito a bateria cheia de bumbos duplos. Com conhecimento de causa e participações especiais de Fabio Lione (Rhapsody Of Fire) e Joakim Brodén (Sabaton), o Twilight Force ganha esse jogo conhecido.

Twilight Force - Heroes of Mighty Magic

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Battle of Arcane Might
  2. Powerwind
  3. Guardian of the Seas
  4. Flight of the Sapphire Dragon
  5. There and Back Again
  6. Riders of the Dawn
  7. Keepers of Fate
  8. Rise of a Hero
  9. To the Stars
  10. Heroes of Mighty Magic
  11. Epilogue
  12. Knights of Twilight’s Might

Links sobre a banda:

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.