Por: (Arte Metal)

Vários selos se incumbiram de trazer esse material físico da banda paraguaia VERTHEBRAL para o Brasil, são eles: Tales From The Pit, Eclipsys Lunarys Productions, Nomade Records, Extreme Sound Records e Thrash Or Death Records. E não à toa, uma escolha muito bem feita.

Afinal, estamos diante de uma bela banda de Death Metal que não fica nada devendo a nomes norte-americanos, europeus e nem mesmo tupiniquins. Isso que “Regeneration” é o disco de estreia, sendo que a banda lançou anteriormente o EP “Adultery of Soul”, em 2015.

A banda bebe nas fontes mais ‘old school’, trazendo de atualidade somente a roupagem das produções atuais, mesmo assim soando orgânica. As linhas fúnebres, tanto semi-cadenciadas, quanto as mais dinâmicas, estão presentes, com riffs certeiros e uma linha de baixo intensa, com a variação rítmica ditada pela bateria.

Vale destacar que o VERTHEBRAL ainda possui uma técnica apurada, adotando levíssimas doses de melodia e quebradas bruscas, adotando solos de guitarra somente em momentos oportunos. Ouça Place of Death, Spirit in Solitude com um riff e levadas monstruosas, além da pegajosa Immaterial Essence of Things, que parece ter sido composta por CHRIS BARNES (SIX FEET UNDER e ex-CANNIBAL CORPSE).

O mencionado EP “Adultery of Soul” vem como bônus, mostrando uma sonoridade que, mesmo estando em processo de formação sonora, prova que a banda já prometia muito e flertava também com o Thrash Metal. Eis que uma das formações que sacia a sede por Death Metal de verdade vem do Paraguai. Muito bom!

Verthebral - Regeneration

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. Apocalyptic Seasons (Intro)
  2. Place of Death
  3. Spirit in Solitude
  4. Regeneration
  5. Beyond the Garden of Creation
  6. Without Any God
  7. Old Man’s Memories
  8. The Plague of Insomnia
  9. Immaterial Essence of Things
  10. Inside of Me

Link sobre a banda: 

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.