Por: (Arte Metal)

The Haunting é o primeiro EP deste quinteto argentino fundado na capital Buenos Aires. Além de mostrar que o Metal portenho respira novos ares, este trabalho endossa que optar em cantar na língua inglesa também é uma boa alternativa por lá, sem que o Metal em espanhol deixe de ser interessante.

Partindo para o conteúdo em si deste EP, a banda aposta em uma mescla de Melodic Death Metal e Prog Metal que resulta em uma sonoridade interessantíssima e muito bem feita. A tudo isso o grupo injeta certa dose de ‘groove’ na medida certa, que só dá qualidade às músicas sem que elas se tornem ‘pula-pula’.

O trabalho versátil das guitarras soa de qualidade imprescindível, com uma gama de riffs potentes e que dão a tônica às composições. A melodia na medida certa é outro fator preponderante, passando longe de soar exagerada. Tudo tendo uma cozinha que segura a barra com maestria.

Claro que os vocais de Alejandro Souza são um dos destaques, afinal o moço mostra uma boa variação, detona no gutural e não soa ‘piegas’ em suas passagens limpas. Tal fator faz com que praticamente as quatro músicas soem pegajosas, coisa rara e difícil nos estilos propostos.

Feel the Unknown que abre o CD, por exemplo, é um hit imediato. Porém, as outras três composições não ficam atrás e mantêm a qualidade durante toda a audição. Qualidade, aliás, que é muito enfatizada pela ótima produção feita no Absolute Studio por Ivan Iñiguez, que deixou o som moderno e natural ao mesmo tempo. Muito bom!

Witchour - The Haunting

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Feel the Unknown
  2. The Hunger
  3. The Hammer
  4. Conjure Thy Will

Links sobre a banda:

Facebook / Bandcamp

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.