Fala pessoal do Portal Do Inferno, nossa, tem tempo que eu não paro pra trocar uma idéia legal com vocês aqui hein, tenho certeza que todos que aqui vem ler as nossas matérias passaram por diversas coisas nessa vida, positivas ou não, assim como eu tenho passado por muita coisa e infelizmente vinha sem tempo para escrever. E se tem coisa que eu amo fazer é escrever matérias divertidas para vocês.

Mas, vamos conversar, quando a On Stage e a Kunfu anunciaram aqui pro Rio de Janeiro, e em São Paulo a Rádio & TV Corsário também confirmaram esse hiper show e eu vi uma movimentação meio pequena, eu falei pra mim mesmo: PORQUÊ DEUSES??!

Estamos falando da vindoura tour do Living Colour pelo Brasil, tenho certeza que a um tempo atrás o furor por essa notícia seria um pouco maior, aí eu vi uma realidade: estou ficando velho(ou somente estou por fora das reações populares), mas ainda acho que a primeira opção é mais válida, estou ficando velho.

O Living Colour é uma banda que nasceu no final dos controversos e saudosos anos 80, eles se apresentavam por bares em Nova York e em um deles chamaram atenção de um pilar da “boa sorte”(pelo menos pra eles né??): Mick Jagger.

O “pé quente” vocalista do Stones ficou embasbacado com a qualidade musical da banda e fez a ponte praqueles meninos, que na época eram Corey Glover(vocal), Vernom Reid(guitarra), Muzz Skillings(ex-baixo) e Willian “Will” Calhoun(bateria) assinassem com a Epic Records e lançassem um disco incrível, Vivid.

Me lembro que, quando criança e ouvia Glamour Boys, sonzeira desse disco, eu saia dançando, mesmo sem entender xongas(tô falando que estou ficando velho), eu curtia esse som e isso meio que, ficou no passado, até eu crescer e voltar a ouvir a banda, agora com outros ouvidos e lembrar desses momentos com somente essa música. Mas vale entender, o Living Colour é uma banda de Funk Metal e se você está se perguntando, sim, Funk Metal.

Os garotos fazem um sonzaço com muito peso, muita influência de Jazz, Rock, Funk, Punk e essa mistura resulta no incrível som do Living Colour, mas voltando a falar da banda, eles fravam Vivid e saem em tour com o Rolling Stones, abrindo os shows da banda e o tempo passa, eles ganham alguns importantes prêmios e o baixista Muzz Skilling sai da banda, em 1991 e entra Doug Wimbish e essa formação está juntinha fazendo música muito boa até hoje.

“Tá bom, mas Tio Hunter, porquê você está falando isso tudo?”

Simples amiguinhos, pra falar que vocês TEM QUE IR a esse show, o Vivid, que será tocando na íntegra, está incluso no icônico livro “1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer”, tenham certeza e confiem nas minhas palavras, o Living Colour é uma banda incrível e que está passando pelo Brasil, tocando no maravilhoso Circo Voador, no dia 13 de Junho, sexta feira e em São Paulo no dia 14 de Junho, no Tropical Butantã em São Paulo. A banda promete levar o Vivid na íntegra, um disco que marcou uma geração com canções como Cult Of Personality, Glamour Boys, Wich Way To America?, Open Letter (To A LandLord), essa canção, obrigatória audição, de verdade! Então pessoal, compareçam aos shows, lotem essas casas e saiam com uma visão completamente diferente do que a música é capaz de fazer conosco e se não conhece Living Colour, ah amigo, relax, o “Tio” aqui vai deixar a Playlist do Spotify aqui embaixo, junto dos serviços das duas apresentações da banda, fiquem felizes.

https://open.spotify.com/user/spotify/playlist/37i9dQZF1DZ06evO45dU4a?si=yrRlndpSS5q_YHOdBIeVRg

Serviço

Living Colour no Rio de Janeiro
Evento: https://www.facebook.com/events/375520913295894
Data: dia 13 de junho
Local: Circo Voador
Banda de abertura: Seu Roque
Endereço: rua dos Arcos, sem número – Lapa/RJ
Ingresso: https://checkout.tudus.com.br/circo-voador-living-colour/selecione-seus-ingressos (online) e bilheteria do Circo Voador (físico)
1° lote: 120
2° lote: 140
3° lote: 150

Sobre o show de São Paulo, acessem aqui.

 

Augusto Hunter

TI, Headbanger e Redator desse estimado Portal.