O novo álbum da banda carioca Forkill, que sucederá Breathing Hate, de 2013, receberá o título de The Hell Will Arise, marcando a estreia da nova formação, com Erick Mamede no comando das baquetas. Tendo regravado todas as faixas, Erick dá novo gás para a banda, que já finalizou todos os registros vocais, linhas de baixo e guitarras rítmicas, faltando apenas as gravações dos solos de guitarra. Segundo o guitarrista/vocalista Joe Neto, algumas músicas sofreram drásticas alterações: “Devido ao processo criativo dentro do estúdio, acabamos modificando várias músicas, inclusive alguns títulos. Mexemos em riffs, solos e estruturas, tudo isso finalizado resultará num trabalho insano!”.

E os planos não param por aí: logo após lançar The Hell Will Arise em formato CD, o Forkill também apostará numa versão no bom e velho bolachão. “Queremos fazer algo diferente, e como já tivemos um cuidado extra com o lançamento do debut, que saiu em digipack, agora pretendemos disponibilizar uma tiragem limitada do disco em formato LP, só não sabemos se será o registro completo ou apenas um single”. Nos extras, o petardo contará com a presença de Vendetta, música do primeiro álbum agora regravada com a nova formação e recebendo uma roupagem ainda mais agressiva.

Embora tenham trabalhado arduamente em estúdio para finalizar o CD o quanto antes, o quarteto prova que nasceu para os palcos: no dia 30/07, sábado, tocarão no tradicional Heavy Duty, no Rio de Janeiro, ao lado das bandas Pagan Throne e Vicious. Os ingressos custarão R$ 15,00 até a meia-noite, e após, R$ 20,00. No repertório, seguirão tocando as músicas de Breathing Hate ao lado de novas composições. Mais infos no evento: https://goo.gl/ZhV8ms