Goo Goo Dolls: baterista demitido convida Richie Sambora, do Bon Jovi, para criar uma nova banda

Goo Goo Dolls: baterista Mike Malinin (à dir.) foi demitido da banda no fim do ano
Goo Goo Dolls: baterista Mike Malinin (à dir.) foi demitido da banda no fim do ano

O Goo Goo Dolls demitiu o baterista Mike Malinin após 19 anos de parceria. Tanto a banda quanto o músico confirmaram a informação. A primeira providência de Mike foi convidar Richie Sambora, guitarrista do Bon Jovi, para começar um novo grupo. No dia 30 de dezembro, Malinin twitou: “Ei, @TheRealSambora, você quer começar uma banda nova comigo?”

 

Malinin estava afastado da recente turnê do Goo Goo Dolls pelos Estados Unidos devido a questões familiares, especula-se que tenha a ver com a gravidez de sua esposa. Ele foi substituído pelo baterista do Lifehouse, Rick Woolstenhulme Jr. Mike aprovou a escolha, dizendo que “ele realmente agita” e afirmou que não tem mágoas com seus ex-colegas, embora a decisão tenha sido uma surpresa. Em comunicado, ele disse: “Tenho algumas notícias hoje. Quero apenas agradecer aos fãs que me apoiaram por 19 anos. Não foi minha decisão deixar a banda – mas sem ressentimentos. Desejo a eles o melhor. Boa sorte e boas viagens a eles”.

O Goo Goo Dolls também se manifestou: “É verdade que Mike não está mais na banda, mas desejamos a ele o melhor em sua nova jornada e esperamos que os fãs e os amigos pensem por um momento e considerem que essa decisão não foi tomada de qualquer forma pelos envolvidos.

Coisas acontecem pessoalmente e profissionalmente que levam a decisões difíceis como essa. Mas tenham certeza de que estamos ansiosos para continuar a nossa jornada de 28 anos”.

Malinin entrou no Goo Goo Dolls em 1995 para substituir o baterista original, George Tutuska. O line-up atual inclui os cofundadores John Rzeznik, Robby Takac, além de Brad Fernquist e Korel Tunador. A banda lançou seu décimo álbum de estúdio, Magnetic, em junho do ano passado.

Fonte: Classic Rock Magazine

Renata Santos

Sou formada em jornalismo e colaboro com sites de música há quase dez anos. Integro a equipe do Portal do Inferno desde 2011.