Em 2016 o quarteto de Grind/Death Metal, Neuroticos, realizou uma tour por países do continente asiático. Nesta semana eles lançaram o vídeo com a primeira parte da Hell In Asia Tour Diary, que pode ser conferido abaixo:

Ainda serão lançadas mais 3 partes desse diário de tour, num total de 4, que poderão ser conferidos no canal oficial da banda no YouTube: www.youtube.com/channel/UCKNFDg8RVY3f5gTQdXkP0yg

Ano passado o Neuróticos realizou 11 datas, entre os meses de Outubro e Novembro, divulgando seu EP de estreia, Hell In The House Of God – trabalho que fez com que a banda rapidamente fosse considerada uma das revelações do metal extremo mundial, recebendo excelentes críticas. O grupo percorreu países como Japão, Taiwan, Filipinas, Nepal, Malasia, Vietnam, Mongólia e Coréia do Sul.

No dia 30/03 eles se apresentam em Nagano, no Japão, ao lado do Defeated Sanity (Alemanha), Taste (Japão), e no dia 31/03, em Sendai/Japão, com as duas bandas já citadas, mais Placental Paralysis (Japão) e Geropetoro (Japão).

Formado em Hiroshima/Japão em 2004, por três brasileiros e um japonês, o Neuroticos é mais uma banda de sangue brasileiro desbravando regiões pouco exploradas pela maioria das bandas estrangeiras do underground.

Gravado em Tóquio/Japão, no Lab Studio Tokyo, e produzido por Inari Ryuhi em parceria com a banda, “Hell In he House Of God” apresenta uma sonoridade agressiva e direta.

Hell In The House Of God está disponível em diversas plataformas digitais como iTunes, Spotify, Amazon, Deezer, Google Play, entre outras.

Ouça Hell In The House Of God no Spotify:

Ano passado eles fizeram alguns shows no Japão com as bandas Suicide Silence e Napalm Death, gerando uma excelente repercussão para a banda na cena local.

A expectativa é que o Neuroticos anuncie em breve uma nova tour pela América do Sul, além das gravações de seu primeiro ‘full lenght’.

A formação do Neuroticos traz Bruno Dias Matsuda (vocal), Kleber Dias Matsuda (guitarra), Junpei Nakamura (baixo) e Henrique Tomi (bateria).

Gustavo Pavan

Headbanger, técnico em informatica, programador e produtor de shows underground.