Total Death: Banda apresenta seu novo videoclipe “Corazon sin Purificar”

O Total Death está de volta com seu brutal Death Doom, coma com novo material audiovisual de alta qualidade, já que acaba de lançar o tão esperado videoclipe da canção “Corazón Sin Purificar”. Essa faixa é o terceiro single do novo álbum, lançado em 2020, que leva o nome de “Mar de Aguas Amargas”.

O novo clipe foi criado por Cristian Kdrumworm, produzido pela banda Dah e Paredes. A produção executiva do mesmo ficou a cargo de Carlos Moreno. Além disso, foi gravada por Daniel Paredes no Acme Studios em Quito, Equador, e mixada em Valencia, Espanha, por Sergio Peiro no SP Studios. Tony Lindgren (Leprous, Swallow The Sun, Enslaved), fez a masterização na Fascination Street, Örebro, Suécia.

Toda essa fusão de grandes profissionais resulta em um trabalho incrível que confirma, sem dúvida, a validade de uma banda histórica dentro da cena pesada da América Latina, que também se expande para o resto do mundo. Enquanto a pandemia vai gradativamente permitindo o retorno à normalidade, a banda pisa forte com novas criações, apostando assim em mostrar ao mundo sua força musical.

Assista o vídeo de “Corazón sin Purificar”:

O Total Death surgiu das montanhas frias de Quito, Equador, em 1991, fundada por seus líderes Ider Farfán e Dany Molina. Desde o lançamento de seu primeiro EP “Silencio de Soledad” em 1996, o principal objetivo da banda tem sido trazer as raízes do Death Doom para o terreno de vanguarda.

Seis álbuns e uma sólida base de fãs ao redor do globo são a prova de que, mesmo depois de 30 anos de existência, sua filosofia musical permanece intacta e inabalável.

Em 2020 o Total Death apresentou seu novo álbum “Mar de Aguas Amargas”, produzido sob a direção de Sergio Peiró (Plácido Domingo) e masterizado no Fascination Street Studios na Suécia, que está catapultando a banda para o reconhecimento em novos mercados.

Ao longo de sua história, o Total Death estabeleceu um padrão de como as barreiras podem ser expandidas na cena doom death metal sul-americana. Esta visão os levou a ser o “ato de abertura” de artistas diferentes e variados, como Anthrax, Opeth, Dismember, Dark Tranquility, Cradle of Filth, Therion, Anathema ou Arch Enemy.

Shows memoráveis marcaram a banda, mas sua atuação especial aconteceu em 2017, a bordo do icônico festival no cruzeiro 70000 Tons of Metal, nos EUA, e é uma das mais lembradas.

Em 2019 a banda embarcou em sua terceira turnê brasileira com as lendas gregas Rotting Christ. A recepção dos fãs e da imprensa especializada foi excelente. E para terminar o ano, o Total Death viajou pela primeira vez à Europa para participar no conceituado festival “Under the Doom” em Portugal, dividindo o palco com o Paradise Lost, Alcest e outros. Eles culminaram sua jornada pela Europa com uma mini turnê pela Espanha.

Além disso, eles foram reconfirmados no conceituado México Metal Fest, 2 vezes adiado, e que acontecerá no México, em setembro de 2022, juntamente com Kreator, Septic Flesh, Rotting Christ, Necrophobic e Batushka, entre dezenas de outros.

A música do Total Death pode variar de batidas esmagadoras a passagens melódicas atmosféricas. Sempre homenageando sua própria identidade sonora como equatorianos e sul-americanos: imensas percussões e dolorosas melodias andinas.

Confira o tracklist de “Mar de Aguas Amargas”

1. El Agua Feroz de los Anhelos

2. Corazón sin Purificar

3. Rencor Signo Sublime

4. En el Centro del Alma Rota

5. Sombrío Instinto

6. Naufragio Hacia Dentro

7. La Sed Invisible

O Total Death é: TOTAL DEATH É: Ider Farfán Mera (vocais e guitarra), Rubén Barros Cabrera (vocais e guitarra), Carlos Moreno Caicedo (baixo) e Danny Molina Solano (bateria).

Siga o Total Death em seus canais oficiais:

https://www.facebook.com/muertetotal
https://www.instagram.com/muertetotalband
https://www.youtube.com/channel/UCGojybKtdmNYAO5JVxtLqbQ

www.soundblastmedia.com