Infelizmente é verdade, Warrel Dane, vocalista do Sanctuary, ex-Nevermore e com a sua breve carreira solo faleceu hoje, pra mim está sendo completamente difícil colocar em palavras o quanto o Nevermore representou em minha vida, tenho amigos e principalmente uma amiga que teve em sua formação universitária o Nevermore e suas diversas músicas como base para o seu TCC.

Warrel nasceu no dia 07 de março de 1969, em Seattle e teve sua primeira incursão em sua linda carreira musical pelo Serpent´s Knight e dali ele fundou o Sanctuary, com o baixista Jim Sheppard, aonde tiveram clássicos como os álbuns Refuge Denied e o Into The Mirror Black. Depois disso o Sanctuary para e os dois montam o belíssimo Nevermore e ao lado de Jeff Loomis e Van Willians eles conquistaram o mundo. Lançamentos maravilhosos, impossível de citar somente um e não o farei, pois seria uma covardia com essa belíssima carreira. Abaixo segue a entrevista que ele concedeu ao Imprensa do Rock, com a Paula Aécio.

Como nada é pra sempre, o Nevermore também veio a acabar e o Warrel Dane, antes disso tinha lançado “Praises To The War Machine”, seu primeiro disco solo e que é incrível. Com o Nevermore Dane passou pelo Brasil em 2000, em uma apresentação incrível e retornou depois para mais uma apresentação, mas em 2014, ele montou uma banda completamente nacional em que saiu em tour para a sua carreira solo, com exímios músicos nacionais.

Warrel Dane e sua banda

Hoje, infelizmente, devido a uma parada Cardio Respiratório, Warrel Dane nos deixa, ele estava no Brasil, produzindo “Shadow Work”, aquele que seria o segundo disco de sua carreira solo. Tá complicado escrever essa nota de despedida, não consigo parar de chorar e lembrar do show no Teatro Odisséia, que ele cantou tão bem, um homem que fez tantos seres humanos felizes, obrigado Warrel pela sua voz, por dividir com a gente suas dores em forma de tão belas músicas. Até um dia.

 

Muito obrigado por tudo.

Augusto Hunter

TI, Headbanger e Redator desse estimado Portal.