Por: (Arte Metal)

Quatro anos após seu primeiro EP intitulado I (2012), a banda botucatuense D.I.E traz seu sucessor e a relativa grande espera valeu muito à pena. Afinal, o quarteto explorou ao máximo seu debut EP, lançou clipe de qualidade (que inclusive foi censurado) e tocou com grandes nomes da cena.

Toda essa experiência reflete neste novo disco, que traz nitidamente uma banda mais experiente, mais abrangente, mais coesa e o melhor de tudo, mais versátil e pesada. Tudo soando natural e mostrando uma evolução em termos de técnica, além de criatividade que só faz com que o D.I.E. ganhe pontos.

Antes um grupo focado no Crossover com pitadas de Grindcore, hoje o D.I.E. mantém essas características, mas alia a isso elementos que vão do Hardcore nova-iorquino até o Thrashcore que traz sua sonoridade para algo mais atual, sem soar tendencioso ou moderno demais.

Com maior variação no ritmo, a banda destila riffs poderosos que tem a felicidade de contarem com timbres bem selecionados. A cozinha se responsabiliza por ditar essa variação rítmica e ajuda a enfatizar o peso e a agressividade. Charles Guerreiro urra ferozmente com seu vocal monocórdio, mas que bem encaixado não cansa o ouvinte.

São quatro composições onde a banda impõe sua identidade sem fechar seu leque, e o destaque vai para Space To Destroy, uma das provas da inovação da banda, afinal a faixa cadenciada tem o peso redobrado e mostra a versatilidade do grupo. Sem dúvidas este trabalho põe o D.I.E. um patamar acima.

D.I.E. - D.I.E. II

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Truth Like Yourself
  2. Religion
  3. Space to Destroy
  4. Lost

Links sobre a banda:

Facebook / Bandcamp

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.