Por: (Arte Metal)

Não é novidade pra ninguém que o Doom e o Stoner Metal caminham juntos e de mãos dadas, além da junção dos estilos estarem se saindo muito bem pelo underground na Europa e EUA. O Elephant Tree é mais uma banda que trilha por esses caminhos e coloca suas particularidades no gênero.

Apesar de auto-intitulado, este é o segundo disco da banda britânica que trabalha em cima de guitarras ultra-pesadas, baixo distorcido e andamento cadenciado seguindo a cartilha do Doom Metal. A isso o grupo alia um clima psicodélico e vocais viajantes, bem brandos, quase sussurrantes.

Apesar do andamento lento, a bateria soa bem versátil, procurando explorar suas linhas da melhor forma possível. A banda também se utiliza da cítara e os arranjos só enriquecem ainda mais as composições, pois são encaixados de forma bem equilibrada e espontânea.

A primeira ouvida de Elephant Tree pode passar despercebida, por isso é um disco que requer atenção e já na segunda, com certeza faixas como a grudenta Dawn, a acústica Circles e Echoes já chamarão atenção. Quem gosta de um Doom bem pesado e viajante não pode perder essa pérola.

Elephant Tree - Elephant Tree

Nota: 7,5

Tracklist:

  1. Spore
  2. Wither
  3. Dawn
  4. Circles
  5. Aphotic Blues
  6. Echoes
  7. Fracture
  8. Surma

Links sobre a banda:

Facebook / Soundcloud

 

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.