Por: (Arte Metal)

Estes búlgaros lançaram o primeiro disco em 2012. Intitulado Hope Denied, o trabalho apresentou-se entre a verdadeira linha tênue que separa o Hard Rock do Heavy Metal e mostrou grande potencial. Talvez, apenas algumas arestas mereciam ser aparadas e isso se faz neste novo trabalho.

Compendium de Terra mostra, sem dúvidas, todo o amadurecimento do grupo e de como a banda foi capaz de manter suas características intactas. Manter a formação por quatro anos talvez tenha sido um dos principais ingredientes de tal fato, porém, o tempo e o talento crescente dos músicos sejam os maiores responsáveis, afinal trata-se de uma banda jovem.

O Hard e o Heavy continuam caminhando juntos neste trabalho, porém a banda ousou mais e fez com que sua música soasse mais versátil e intrincada, mesmo mantendo o ‘feeling’ à frente da técnica. Ainda podemos dizer que o grupo incrementou elementos do Rock alternativo e também doses homeopáticas de progressivo que fizeram muito bem.

Isso tudo fez com que Compendium de Terra soe um disco mais coeso, experimental, maduro e bem melhor produzido que seu antecessor, apesar de mais burocrático. Destaque para as faixas Flesh and Lucidity, Created and Arranged, Freedom I e Years Above the Wisdom. Ótimo trabalho.

Impade - Compendium de Terra

Nota: 8,0

Tracklist:

  1. Flesh and Lucidity
  2. Created and Arranged
  3. All Alone
  4. The Book of Thoth
  5. Freedom I
  6. Years Above the Wisdom
  7. Freedom II
  8. Victim

Link sobre a banda:

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.