Por: (Arte Metal)

Chronicles of Perversion, quarto álbum dos noruegueses do Kraanium era um álbum aguardado pelos apreciadores do Death Metal, já que a banda de Oslo sempre primou pela qualidade em seus trabalhos. E para a alegria geral, o disco não decepciona e traz a banda tinindo.

A evolução dos caras é latente, desde a técnica individual dos músicos, passando pela coesão e produção do disco. Sem sombra de dúvidas Chronicles of Perversion deu um salto grande em relação aos anteriores em termos de qualidade sonora, já que soa polido e com todos os instrumentos em evidência.

A arte da banda em soar brutal sem investir o tempo todo em velocidade continua, assim como a essência de variar o ritmo e da exploração absurda do pedal duplo na bateria. O que mais chama atenção aqui é o poder dos riffs e a pulsação do baixo que enfatiza o peso das composições.

O vocal de Martin Funderud continua versátil entre o gutural e o ‘pig squeal’, mantendo mais uma característica da banda. As temáticas ‘gore’ continuam, assim como a capa desenhada por Marco Hasmann (Blasphemer, Visceral Throne) denuncia. Difícil destacar apenas uma composição, até porque o ponto negativo fica pelo fato das músicas se parecerem, mas é um disco e tanto!

Kraanium-Chronicles-of-Perversion-5x5-300dpi

Nota: 8,5

Tracklist:

01. Rock Filled Orifice
02. Human Skin Fuck Doll
03. Hung by Your Entrails
04. Destined for Surgical Defilement
05. Evisceration of Pre-Teen Cadavers
06. Chronicles of Perversion
07. Acid Cumbustion
08. Rusty Knife Defloration
09. Fermented Uteral Mastication
10. Sodomize Her Headless Corpse
11. Revisitate to Mutilate

Links sobre a banda:

Facebook / Bandcamp

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.