Por: (Arte Metal)

A maior banda de Death Metal do mundo e a maior banda brasileira de Metal na atualidade. Não há o que discutir quando esse assunto vem à tona. O KRISIUN é realmente tudo isso e “Scourge of the Enthroned”, seu 11º álbum de estúdio, prova isso.

Os três irmãos gaúchos radicados em São Paulo conseguem se superar em cada lançamento, mas não no quesito de qualidade de sua música, pois isso se mantém por toda a sua discografia. Mas sim no sentido de se reinventar, se recriar e mantendo a mesma proposta.

Parece algo impossível, mas o KRISIUN faz o que RAMONES, AC/DC e MOTÖRHEAD fizeram durante toda sua carreira, só que dentro do Death Metal. “Scourge of the Enthroned” é um disco que talvez atinja o maior equilíbrio em todos os aspectos na discografia da banda.

Musicalidade mesclando a técnica sempre presente no som da banda com ‘feeling’ e pegada intensa, timbres dos instrumentos atingindo um nível quase que perfeito e produção (a cardo de ANDY CLASSEN) no mesmo nível, transcendendo o álbum para um patamar que pode ser inatingível futuramente (se bem que estamos falando de KRISIUN, né?).

MOYSES KOLESNE mostra uma variação de riffs impressionante, fazendo seu melhor trabalho até então neste quesito, além de encaixar solos propícios e soar mais enraizado em todos os aspectos. MAX KOLESNE continua voando, mas mostra aqui uma maior variação e sua capacidade de ser um baterista mais versátil, porém mantendo sua pegada magistral de sempre e precisão impressionante.

ALEX CAMARGO, a voz do KRISIUN, além de segurar as pontas com suas linhas de baixo, traz vocalizações que nos remete ao início da banda, onde investia em linhas guturais mais rasgadas e vem soando mais inteligível. Um trabalho coletivo impressionante, que remete a um dos melhores discos da carreira da banda, em uma discografia onde é difícil destacar algo ruim. Não há o que contestar.

Krisiun - Scourge of the Enthroned

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. Scourge of the Enthroned
  2. Demonic III
  3. Devouring Faith
  4. Slay the Prophet
  5. A Thousand Graves
  6. Electricide
  7. Abysmal Misery (Foretold Destiny)
  8. Whirlwind of Immortality

Links sobre a banda: 

Site

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.