Por: (Arte Metal)

Para quem ainda não conhece, o Lucid Dreams é formado por músicos experientes do cenário metálico mundial, com passagens por bandas como Natt, Trail of Tears, Tristania, Trendkiller, entre outros projetos e grupos. Há 2 anos a banda lançou seu debut auto-intitulado e trouxe uma sonoridade focada no Heavy Metal com flertes com o Prog.

O novo disco, este Build And Destroy, mostra uma evolução natural em relação ao trabalho anterior, mantendo a essência e adicionando novos elementos. Com o line-up intacto desde a fundação da banda em 2007, o grupo mostra coesão e consistência acima da média.

Na faixa de abertura Wings of the Night, tudo parece normal, com um Power Metal típico, se utilizando de melodia e velocidade constantes. Mas, durante a audição de todas as oito composições há versatilidade, o que torna algo agradável. Isso já pode ser notado na segunda faixaHellbound e sua pegada Hard/Classic Rock.

O Lucid Dreams se mostra bem em baladas pesadas e aqui prova isso com Absence of Innocence, onde surpreendentemente o vocalista Freddy Vain se mostra mais agressivo e versátil. Os arranjos de teclados também são ótimos, dando um clima sombrio à música. Outro destaque do trabalho é Eye of the Storm e sua veia Prog/Melodic.

Build And Destroy parece um disco comum na primeira audição, mas a cada ouvida encontram-se mais coisas interessantes. Há composições com mais pegada e ‘feeling’ e outras mais superficiais, porém o resultado final é acima da média. Sem contar a bela embalagem digipack e a produção de primeira linha a cargo do guitarrista Rune Gutuen com mixagem e masterização de Fredrik Nordström.

cover_build_and_destroy

Nota: 8,5

Tracklist:

01. Wings of the Night
02. Hellbound
03. Fear No Evil
04. Absence of Innocence
05. Build and Destroy
06. High Heeled Devil
07. Shanghai Cyanide
08. Eye of the Storm

Links sobre a banda:

Site Oficial / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.