Por: (Arte Metal)

Demorou, mas o terceiro álbum da banda paulista MORDETH finalmente viu a luz do dia (ou a escuridão da noite, que é mais propício). Desde o seu retorno em 2007, a banda só havia lançado o EP “Robotic Dreams” em 2009 e agora, mais de dez anos depois, está aqui um trabalho completo.

Digamos que valeu à pena a espera, afinal, temos aqui quase trinta anos de bagagem, de uma banda que sempre primou por pensar lá na frente. O Death Metal apresentado pelo grupo, nunca foi tradicional, nem mesmo em seu clássico debut “Lux in Tenebris” de 1993.

“The Unknown Knows” é um disco que traz a assinatura do MORDETH, com suas temáticas envolvendo futurismo e vida extraterrestre. Musicalmente idem, riffs diferenciados, levadas variadas, com pegada Industrial, além de um clima todo futurista com sintetizadores.

Mas, vale destacar, que esse ‘industrial’ não plastifica o som da banda e, especialmente aqui, a banda soa orgânica e humana. Com linhas vocais vomitadas rasgadamente, a banda também adere vocais limpos na medida, que se encaixam perfeitamente à proposta. A única faixa que destoa um pouco das demais, é Wake-Up Machine, totalmente com vocais limpos, mas simplesmente brilhante.

O mencionado “Robotic Dreams”, é o bônus do disco, e mostra como a banda estava ainda mais envolta com o som Industrial e futurismo no trabalho anterior. Com produção acima da média, bem equilibrada e uma capa linda (com direito ao logo original da banda), “The Unknown Knows” é um trabalho diferenciado, acima de tudo.

Mordeth - The Unkown Knows

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. The Unknown Knows
  2. Monolith
  3. The Gray Man
  4. UVB-6
  5. Blank Share
  6. Beyond
  7. Wake-up Machine
  8. Viruss
  9. H-Tedrom
  10. From Apes to Warlords
  11. Robotic Dreams

Links sobre a banda: 

Facebook

Heavy Metal Rock

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.