Quem conhece a banda, já sabe da potência e competência que o Forka tem e não é preciso salientar que vem pancadaria das boas. Em Black Ocean, parece que a banda quis soar mais negro, pois o hardcore foi deixado um pouco de lado e mergulharam em um oceano de thrash e death metal.

Com composições de peso, riffs e vocais matadores, Ronaldo S. Coelho se superou neste requisito. Quem ouve a primeira faixa, Luna, um instrumental calmo acústico, mal sabe o que espera pela frente. A faixa-título, Black Ocean, traz essa sensação de que tudo vai por água abaixo.

O CD é recheado de músicas pesadas com passagem mais cadenciadas e a energia de destruição que o Forka sempre quer passar não baixa até a última música, Empire Surrender, que é outro destaque.

Black Ocean é um álbum que conta com belas músicas, muito bem produzido, com uma arte gráfica incrível de Rafael Tavares e mostra que o Forka tem poder de fazer belíssimas composições e variações dentro de sua proposta de levar um som que mescla hardcore, death e trash metal ao limite. Sem dúvida, este é um álbum para se ouvir no talo e torço muito para que o Forka consiga atingir patamares cada vez maiores.

forka-blackocean

Black Ocean – Independente – 2013

Nota: 9

Tracklist:

01. Luna
02. Black Ocean
03. Last Confrontation
04. Nation of Ashes
05. Honor
06. Own Blood
07. White Mask
08. The Last Battle
09. Forgiveness Denied
10. New Ways
11. Evil Love
12. Empire Surrender

Formação:

Ronaldo Coelho – vocal
Samuel Dias – guitarra
Alan Moura – guitarra
Ricardo Dickoff – baixo
Caio Imperato – batera

** O texto representa a opinião do autor e não a opinião do Portal do Inferno Webzine ou de seus editores

Portal do Inferno

Portal do Inferno é um site especializado em notícias do rock n roll ao metal extremo, resenhas, entrevistas e cobertura de shows e eventos!

Deixe um comentário