Silver Mammoth – Mindlomania

Por Alexandre Andrade

Praticando um Classic Rock encorpado e muito bem fundamentado nos pilares do estilo, o Silver Mammoth nos apresenta o seu novo trabalho, Mindlomania, terceiro em sua discográfica, tendo como referências o Uriah Heep, Deep Purple e pitadas de Black Sabbath.

Esse disco reflete o atual momento da banda, que chega ao seu ápice criativo, parindo para a cena um material refinado e bastante integrado. Com uma produção musical excelente, a banda desenvolve suas músicas com ousadia, mesclando elementos modernos, com vários grooves, aos mais tradicionais deste segmento. A faixa título é um ótimo exemplo desta mescla, e que funciona muito bem, reafirmando sua proposta não linear em toda a sua concepção. Outro ponto importante são as letras, interligadas por uma história muito bem descrita, e que tem o seu ápice na longa Shock Therapy, que fecha o disco com chave de ouro, em meio ao seu clima psicodélico e progressivo, bem na escola do YES. Ponto pros caras.

Outro ponto alto é a arte desenvolvida por João Duarte, que sintetiza numa única imagem, a climática de músicas como Shining Star, Liars (a que mais gostei, e tem uma veia Punk), Madman Doc (Rockão dos bons!!!), Wild Wolf e The Time Has Come; todas elas vitais para o crescimento da história aqui narrada. Excelente, pode correr atrás do seu sem medo!

Nota: 9.5

Tracklist:

01. Bewitched
02. Mindlomania
03. The Time Has Come
04. Liars
05. Madman Doc
06. The Cave, The Hole, The Escape
07. Sadness
08. Shining Star
09. Wild Wolf
10. Shock Therapy

Formação:

Marcelo Izzo – vocal
Marcelo Izzo Jr. – guitarra
Chakal – baixo
Vinnie Rabello – bateria