Por: (Arte Metal)

Há dois anos o ROCKET FIVE lançou o ótimo EP de estreia autointitulado, onde o Rock clássico é resgatado de forma sucinta e com uma qualidade acima da média. Eis que o tempo passa, mas como a música se mantém viva, a banda lança seu primeiro trabalho com a sombra do bom resultado de estreia nas costas.

Mas, em “On The Move”, o quinteto campineiro se sai bem, afinal Eduardo Haszler (guitarra/vocal), Bruno Jorge (guitarra), Julio Pilenso (bateria), Leonardo Meliani (órgão, sintetizadores e vocal) e Ricardo Marks (baixo) mantém a característica atingida no primeiro registro e alia ainda mais influências no novo trabalho.

A essência do Rock clássico se mantém intacta, mas a banda adota linhas progressivas e até do Space Rock de nomes como HAWKWIND, que só enriquecem sua música. Isso fica bem traduzido graças ao excelente trabalho de Leonardo, que coloca suas linhas bem criativas, mas de forma que não se sobressaia aos outros instrumentos.

Outros instrumentos, aliás, que não ficam atrás. As guitarras fazem seu papel com bases bem elaboradas e executadas, além de solos na medida, que as músicas pedem. A cozinha faz sua parte impondo uma levada interessante na versatilidade dos andamentos e dando densidade ao som.

Encerrado esse lado técnico, a banda consegue inserir no disco composições de bom gosto, acessíveis, mas sem apelo comercial. A primeira audição pode não ser aquela que te pegue de jeito, mas com certeza da segunda em diante, a empolgação redobra e descobrimos músicas empolgantes e que horam o Rock and Roll. Ótima estreia.

Resultado de imagem para Rocket Five – On The Move

Nota: 8,5

Link sobre a banda: 

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.