Por: (Arte Metal)

Donos do próprio estilo, o Running Wild já soa como uma marca registrada e dificilmente decepciona seus fãs com seus lançamentos. Tal fórmula vem sendo aplicada há mais de 30 anos desde que seu mentor, o guitarrista e vocalista Rock ‘n’ Rolf, à introduziu na sonoridade do grupo.

Este Rapid Foray, décimo sexto álbum de estúdio dos alemães, não foge à regra e ainda traz de volta certa aura mais enraizada da banda. Não que o Running Wild tenha se modernizado nos últimos trabalhos, mas sim tenha adaptado seu som a cada momento em que vivia e redobrado o peso em grande parte dos últimos lançamentos.

Este novo álbum, apesar da produção atual e de qualidade, pode facilmente ser confundido com um disco do grupo da década de 80 ou início da de 90. Não, ainda não dá pra dizer que as composições soem ao nível dos clássicos daqueles tempos, mas o clima, timbres e ritmos nos remetem àquilo.

Fato é que Rapid Foray é um disco legal pra caramba, simples em sua essência, mas muito bem executado num todo. Traz as guitarras típicas do Running Wild, com as levadas tradicionais da banda que não são as mais velozes do mundo, mas possui um ritmo dinâmico e aquela melodia típica.

Destaque para, Black Skies, Red Flag, a faixa título que traz uma levada cavalgada bem interessante, a marchante By The Blood In Your Heart e a típica Blood Moon Rising. Os fortes refrãos também são um atrativo e a baixa fica por conta de certa repetição nos ritmos, mas claro que isso não é nada perante o poderio destes mestres. Pode ouvir sossegado.

Running Wild - Rapid Foray

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. Black Skies, Red Flag
  2. Warmongers
  3. Stick to Your Guns
  4. Rapid Foray
  5. By the Blood in Your Heart
  6. The Depth of the Sea (Nautilus)
  7. Black Bart
  8. Hellectrified
  9. Blood Moon Rising
  10. Into the West
  11. Last of the Mohicans

Links sobre a banda

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.