Por: (Arte Metal)

O pequeno país de Luxemburgo (situado entre França, Bélgica e Alemanha) com um pouco mais de meio milhão de habitantes vem mostrando uma cena interessante. Talvez, o Sleepers’ Guilt seja a terceira ou quarta banda que chega a estas mãos e mantém a qualidade acima da média. Ou seja, em qualidade a coisa vai bem por lá, mesmo contando com uma pequena cena.

Kilesa é o primeiro disco da banda, que já lançara uma demo e dois EP´s. A estreia é simplesmente excelente, afinal, além de mostrar qualidade nas suas composições e coesão na execução das mesmas, o quinteto faz uma mescla de estilos no mínimo interessante e que dá certo.

Na primeira audição, o mais desatento pode taxar a banda como um grupo de Melodic Death Metal, mas, apesar de carregar influências do estilo, a banda faz mais do que isso. Se utilizando de boa dose de melodia e incluindo um pouco de ‘groove’ em sua sonoridade, as músicas soam pesadas e cativantes.

Utilizando temáticas pessoais, é interessante como adotam também linhas progressivas que, misturadas ao peso dos riffs, geram boas bases de guitarras e solos ainda melhores. Passagens com dedilhados enriquecem as músicas, sendo que os vocais guturais dão a extremidade necessária ao disco.

A produção de qualidade colabora e muito no resultado final, sendo que os destaques ficam por conta das faixas Two Words, Scars of War, Angel Eyes (o que é esse dedilhado acompanhado desse solo no início!?), The Mission, Teardrop Bullets (essa sim Melodic Death Metal) e a dramática e emotiva Supernova. Sensacional!

Sleepers' Guilt - Kilesa

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. Sense of an Ending
  2. Two Words
  3. Scars of War
  4. Angel Eyes
  5. I Am Reality
  6. The Mission
  7. Dying Alive
  8. Teardrop Bullets
  9. Supernova
  10. Not for Words
  11. Kilesa I: Kleshas
  12. Kilesa II: Akusala-Mula
  13. Kilesa III: Vipassana

Links sobre a banda:

Site / Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.