Por: (Arte Metal)

Estes norte-americanos do Spiritual Sickness surgiram em 2002 sob a alcunha de Act of God quando praticavam um som mais focado no Power Metal. Em 2009 adotaram o nome atual e deram uma ‘garibada’ em sua sonoridade, adicionando elementos de Prog e Metal tradicional.

Este novo EP auto-intitulado foi precedido pelo debut Architects of Agony, lançado em 2011. O novo trabalho traz a banda como direcionamento mais focado ao Metal tradicional e Power Metal, com leves linhas progressivas e uma crueza que dá autenticidade às músicas.

Riffs típicos, variando de palhetadas a cavalgadas e com timbres bem escolhidos dão a tônica das músicas. A cozinha consistente procura variar no andamento e se utilizar de viradas necessárias bem postas. O vocal de Jeff Kohler é bem semelhante ao de Blaze Bayley (ex-Iron Maiden) com linhas um pouco mais melódicas.

A boa produção só apresenta uma falha inicial onde as linhas vocais aparecem muito altas, mas se acertam no decorrer do trabalho. Destaque para as faixas Blacken the Sky e Night Kill, afinal são as duas composições que mostram maior variação, além de serem bem trabalhadas. Não mudará o mundo do Metal, mas acerta no que se propõe.

spiritual-sickness

Nota: 8,0

Tracklist:

  1. Force Fed Lies
  2. Your Life Is Mine
  3. Blacken the Sky
  4. Night Kill

Links sobre a banda:

Facebook / Bandcamp

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.