Por: (Arte Metal)

Estes norte-americanos poderiam facilmente ter nascido na Suécia, afinal sua música sofre influência direta do Melodic Death Metal que surgiu e se aperfeiçoou por aquelas terras. A banda da Carolina do Norte o faz tão bem, que realmente deixa o ouvinte inicialmente em dúvida.

A música contida neste debut do grupo, que se formou em 2013, não traz muita inovação, não tenta reinventar nada e soa objetiva na medida do possível. Mas, o importante é que a banda segue a cartilha do estilo e se sai muito bem no que propõe.

Enquanto as guitarras bem timbradas destilam palhetadas melódicas, com bases sólidas e riffs bem elaborados, a dinâmica da cozinha conduz a sonoridade da banda em um ritmo típico do estilo, isto é, nem tão veloz, porém longe de ser lento. Tudo tendo vocais rasgados tradicionais à frente.

A produção equilibrada entre o moderno e o natural é outro ponto alto do trabalho, deixando tudo bem audível e profissional. Destaque para as faixas Black Ocean, Longhammer, Primal Revelation (que solos sensacionais) e a quase Progressiva Battle Through Time, que fecha o disco com chave de ouro.

Undrask - Battle Through Time

8,0

Tracklist:

  1. No Graves for the Dead
  2. Conscripted
  3. Champion of the Dawn
  4. Black Ocean
  5. Embers and Omens
  6. Longhammer
  7. Primal Revelation
  8. Faceless Eyes
  9. Final Right
  10. Battle Through Time

Links sobre a banda:

Facebook

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.