Por: (Arte Metal)

Formada em 2008 por músicos experientes do cenário metálico carioca, a banda Vociferatus esperou três anos para soltar um full-lenght e mesmo antes disso conseguiu marcar território no cenário underground nacional. Afinal, quando lançou o EP Blessed by the Hands of Flames (2011), a banda provou de vez ao que veio.

A espera por um lançamento completo valeu à pena, afinal temos uma banda que sabe dosar cada elemento que incorpora na sua sonoridade. Sonoridade essa que tem foco no Death e no Black Metal, gerando uma música extrema, encorpada e muito bem estruturada.

Comecemos pelas mudanças de ritmos que procuram casar com as leves doses de melodias impostas, o que dá um grande diferencial às composições da banda. Tudo contendo uma agressividade assustadora por parte das linhas vocais de Pedrito Hildebrando.

As guitarras de Luiz Mallet e Filipe Lima mostram uma versatilidade e variedade de riffs fora do comum, além de solos bem dosados e encaixados. E ainda tem a bateria de Augusto Taboransky que parece uma britadeira e é acompanhada com consistência pelo baixo de Lucas Zandomingo.

A banda não para por aí e incrementa à sua música percussão e elementos da música oriental que deram certo ‘punch’ ao disco, além de mostrar que o leque aqui não está fechado e que ousadia os atraem. Tudo com uma ótima produção a cargo de Luiz Freitag e Jon Marque, lembrando que a masterização foi feita no GrindHouse Studios, na Grécia, por George Bokos (ex-Rotting Christ).

Faixas como Blood Runs over Bayt Lahm, Storms Are Mine, Mortenkult e a melancólica (isso mesmo!) Where Hope Dies são os grandes destaques do trabalho, que ainda conta com participação de Tal, vocalista do grupo canadense Cryptik Howling. Estreia mais que aprovada!

Vociferatus - Mortenkult

Nota: 9,0

Tracklist:

  1. Eloi, Eloi, lama sabachthani
  2. Blood Runs over Bayt Lahm
  3. The New Opposition
  4. Storms Are Mine
  5. Terrível Coisa é Cair nas Mãos do Deus Vivo
  6. Mortenkult
  7. Chaos Legions Battlefront
  8. Where Hope Dies
  9. Amenti

Links sobre a banda:

Facebook / Reverbnation

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.