Dying Suffocation – When I Die

Por: (Arte Metal)

Relativamente uma banda nova, a paranaense Dying Suffocation surgiu em 2014, mais precisamente na cidade de Pato Branco. Mas, se o leitor espera que o grupo aposte em tendências atuais do Metal, já se engana, afinal o que temos aqui é algo que invoca as trevas da forma mais sombria possível.

Com a proposta inicial de fazer Doom Metal, o grupo ainda empresta elementos do Death Metal (que obviamente não é a velocidade) e consegue atingir seus objetivos neste que é o seu primeiro trabalho oficial – antes só haviam lançado uma demo.

Apostando em riffs e praticamente não dando espaço pra solos, o Dying Suffocation segue a cartilha do estilo e consegue equilibrar-se em quesitos que costumam derrubar muita gente. Afinal, a banda investe em longas músicas cadenciadas, mas consegue soar versátil com ritmo variado e passa longe de cansar o ouvinte. Pelo contrário, When I Die é um trabalho que empolga e assim que acaba, a vontade de ouvi-lo continua.

Vocais guturais também versáteis estão muito bem encaixados e apostam em temáticas que unem um mundo sombrio com o atual se utilizado de metáforas bem sacadas. A cozinha faz seu papel e dá o ritmo correto, sendo que mesmo lenta consegue soar dinâmica e não deixar o marasmo prosperar.

A produção, a cargo de Julio Cesar e da banda com masterização e mixagem do guitarrista Alex Habigzang e Edi Bagunça, soa acima da média entre o moderno e o orgânico. E o disquinho ainda vem numa bela embalagem que contou com arte de Marcelo Vasco (Slayer, Borknagar). As quatro composições presentes são ótimas, mas atenção em In Search of Salvation!

Dying Suffocation - When I Die

Nota: 8,5

Tracklist:

  1. The Angels
  2. When I Die
  3. In Search of Salvation
  4. Rivers of Blood

Links sobre a banda:

Site / Facebook

Comentários

Você pode gostar...