Por: (Arte Metal)

Em 2015 essa one-man-band australiana lançou nada mais nada menos do que cinco EP’s! Isso mesmo, O Rebel Wizard, projeto capitaneado pelo multi instrumentista NKSV (Nekrasov, Mors Sonat, ex-Whitehorse) não brinca e nem perde tempo em serviço.

A proposta une o Metal tradicional, o Speed Metal e o Black Metal resultando em algo raivoso e agressivo. Particularmente em Invocation of the Miserable Ones as composições mostram-se menos intensas e com uma leve dose de melodia que fez bem ao trabalho.

Mas, toda a agressividade típica dos discos anteriores se faz presente, com destaque para o trabalho sólido de guitarras que, apesar de simples, é o carro chefe do disco. Os vocais continuam aqueles rasgados esganiçados e poderiam soar um pouco menos perdidos, mas pode ser algo opcional.

Talvez a produção de Invocation of the Miserable Ones seja a melhor do Rebel Wizard até então, talvez até o disco seja o mais completo, lembrando que se trata de mais um EP (a banda ainda não tem álbum oficial). Atenção para as faixas A Place to Rest the Dead inside Is Never to Be Found e Invocation of the Miserable Ones.

Rebel Wizard - Invocation of the Miserable Ones

Nota: 7,5

Tracklist:

  1. Too Late
  2. A Place to Rest the Dead inside Is Never to Be Found
  3. On the Unknown Self They Ride
  4. Invocation of the Miserable Ones

Links sobre a banda:

Facebook / Bandcamp

Vitor Franceschini

Jornalista graduado, editor do Blog Arte Metal.