O caminho de chegar ao auge na carreira de musical é realmente uma batalha. Mario Pastore teve dificuldades e barreiras até ser respeitado na nossa religião chamada “Heavy Metal’’…Titânio, Acid Storm (precursores do Metal progressivo brasileiro), Opera’s Noise, Tailgunners, Sacred Sinner, vinhetas de abertura do Projeto Hamlet (coletânea com várias bandas brasileiras), Delpht (grande banda de Metal melódico) e Soulspell são algumas bandas/projetos que esse cara já participou. Com a voz que me fez arrepiar no show do MindFlow, cantando o clássico do Sir Bruce Dickson Tears of the Dragon. Mario Pastore hoje vai conversar com o Portal do Inferno e falar um pouco da banda Pastore, e de suas experiências nesse universo.

Portal do Inferno: Primeiramente, obrigado por aceitar esse convite, e espero que retorne sempre que puder. Como foi o caminho percorrido pra você ser um dos vocalistas mais reconhecidos do nosso Metal?
Mario Pastore: Eu que agradeço o convite do Portal do Inferno. O caminho foi longo, comecei pelos idos de 87, em uma banda de som próprio em português e covers de metal como Manowar e Anthrax e Metallica. Passei por algumas bandas, sem muita expressão, até que em 90 entrei no Acid Storm, e não parei mais. (risos)

P.I.: Falando um pouco da Pastore. Você mesmo compõe as letras, ou você divide com seus companheiros de banda a autoria das músicas?
Mario: No primeiro CD, eu e o Raphael Gazal compusemos juntos, nesse segundo CD o Aléxis Gallucci também compôs com a gente e até um aluno meu colaborou nas letras do The End Of Our Flames.

P.I.: The Price For The Human Sins, é um ótimo CD, me conte quais foram as influências desse ótimo trabalho?
Mario: As inflluências do nosso primeiro CD foram o metal tradicional, como também no segundo que irá ser lançado esse ano:Iron Maiden, Judas Priest, Dio, Qüeensryche e Bruce Dickinson solo.

P.I.: Você conseguiu ir ao show do Judas Priest? Como foi a sensação de ver esses gigantes do Metal, se despedir num momento, onde que o Rock está carente, mas ao mesmo tempo parecendo uma fênix, nascendo bandas ótimas. Você nos mostra como cantar é maravilhoso.
Mario: Sim ,eu fui. A sensação de vê-los é muito gratificante. Eles deixaram essa grande escola e legado na música pesada.

P.I.: Qual é o frontman que você se inspira?
Mario: Eu me inspiro no Halford, Bruce, Dio, Geof Tate, Michael Kiske, Glen Hughes e Coverdale.

P.I.: Quando ouvi você cantando no Manifesto Rock Bar, com o Mindflow, me impressionei bastante. MindFlow é uma das promessas nesse meio, ou já é realidade na sua opinião?
Mario:
Obrigado Hildeni. Eu sou suspeito pra falar do Mindflow, pois o Danilo foi meu aluno durante um bom tempo e é meu amigo, e um dos melhores alunos que já tive. A banda, na minha opinião, ja é realidade desde que nasceu. MindFlow possue grandes músicos e grandes músicas.

P.I.: Não só você que é suspeito Mario. Eu também, eles são muito batalhadores, nunca vi uma banda tão humilde e tão determinada quanto eles. Mario, como professor, além do Danilo, quem mais você já deu aulas de canto?
Mario: Concordo, eles são fantásticos. Dentro do metal tive alunos como Ricardo Peres do Fates Profecy, Thiago Torres do Mad Dragster, Gil Lopes do Menahem, Kleber Krisnak do Kings of Steel entre outros.

Mario PastoreP.I.: Sabemos que é muito difícil obter respeito nesse meio do Rock. O que você tem pra dizer pra novas bandas? Sua experiência conta muito.
Mario: Digo que o Brasil é um país que não beneficia muito o estilo. Lutem. Façam bem feito e com amor a música pesada e sejam corretos não só como músicos mas também como seres humanos, com caráter e justiça.

P.I.: Você é muito idealista como eu, sabemos que a vida é cheia de obstáculos, e por isso a cada dia temos que ultrapassá-los. A Pastore está em ascensão. Vocês tem projetos pra uma turnê internacional? E como anda a agenda de shows, já tem algum show agendado aqui no Brasil esse ano?
Mario: Sim eu estou na guerra todo dia e luto pra valer (risos), sempre! Planos pra uma tour internacional nós temos, desde que tenhamos suporte pra isso. E show aqui no país, para esse ano, ainda não nos preocupou, pois estamos trabalhando o novo álbum. Essa é nossa prioridade agora.

P.I.: Tem alguma novidade pra contar, com exclusividade, para o Portal do Inferno sobre o novo álbum?
Mario: Posso adiantar que o estilo do novo trabalho será o mesmo que adotamos no primeiro CD, até a capa também é de autoria do Marcelo de Paiva. O Marcelo arregaçou de novo na capa. Agora temos nosso baixista fixo que é o Aléxis Galluci, que matou a pau na gravação e letras junto comigo e o Gazal e que o som está bem mais pesado e tradicional. Toda a banda trabalhou muito bem no novo álbum! O Fabio Buitvidas também fez um excepcional trabalho na batera.

P.I.: Grande Mario, você desde pequeno queria ser vocalista? Quem você ouviu que te levou a cantar?
Mario: Sim desde os 5 anos de idade eu queria cantar. Comecei ouvindo Elvis Presley, ele que me levou a cantar.

P.I.: Sinto-me orgulhoso, de ter um cara como você no Rock, que tem atitude e um coração muito grande. É difícil ver pessoas nesse mundo assim.
Mario: Muito obrigado Hildeni. Eu sou uma pessoa que preza a justiça e acho que a maldade só leva à destruição.

P.I.: E qual foi a maior dificuldade na sua carreira tão batalhadora?
Mario: A dificuldade maior em relação à carreira é fazer tudo sem ter um empresário, mas agora é à hora da vitória. Eu e a banda batalhamos, e estamos vencendo.

P.I.: Qual é sua critica em relação à midia, que não faz seu papel de ajudar bandas de Rock?
Mario: É complicado responder isso, pois tenho alguns amigos que são jornalistas em publicações de rock, mas acho que é preciso sempre fazer uma crítica com justiça. Só reinteirando a primeira parte da resposta, esses meus amigos sempre divulgam meu trabalho, no caso agora, o trabalho da banda.

P.I.: Então pelo que vejo a correria será grande nesse ano de 2012 para vocês. Deixe um recado pra seus fãs.
Mario: Sim será mesmo!! Obrigado pelo apoio dado à Pastore e aguardem, pois o novo álbum The End Of Our Flames vem ai!!!

Fernando Custódio Moreira

Só mais um ser humano que adora Heavy Metal. Stay Metal Heavy Metal Forever.