Banda portuguesa Mordaça lança EP “Caminhos Obscuros” no Brasil

  • Post author:
  • Post published:26 de maio de 2021

Com um caminhão de pedradas sonoras, os portugueses do Mordaça chegam com o EP ‘Caminhos Obscuros‘. Lançado em Portugal no ano passado, o EP ganha edição física na América Latina, especialmente no Brasil, com distribuição pelas selos Believe Hardcore distro, Vertigem Discos, Two Beers or not Two Beers RecordsRelutância Records & DistroBrado Distro e Cangaço Distro.

Sobre o recente trabalho, a banda explica: “São caminhos obscuros estes que estamos passando, em que o mundo muda à nossa volta e nos deixamos levar pelo medo sem questionar. Atacamos cada vez mais o próximo sem sequer ponderar. Cada vez somos mais egoístas”. O EP ‘Caminhos Obscuros’ é composto por cinco faixas inéditas e a versão da música “Mundo Adversário”, da banda brasileira Macakongs 2099.

O objetivo é divulgar o recente trabalho ao máximo no Brasil, pois para o Mordaça o underground tem que se manter unido mais do que nunca, não por imposição, mas por necessidade, “Mesmo sem concertos é um orgulho ver compilações, entrevistas e matérias saírem em vários canais. Também esperamos chegar ao público brasileiro pois sempre tivemos influência de bandas brasileiras e faz sentido para nós tentar reconhecimento no outro lado do Atlântico”.

Caminhos Obscuros’ está disponível em todas as plataformas de streaming e em mídia física no Brasil e outros países da América Latina. Para adquirir sua cópia, entre em contato com os selos.

Formado no final de 2005, a banda apresenta um estilo musical que se insere no Punk-Hardcore, com músicas que que relatam questões sociais, político-social e conflitos interiores. Após diversas apresentações em Portugal e duas demos lançadas, Mordaça lança em 2008 o álbum de estreia, autointitulado, pelo selo Hell Xis Records.

Com o disco veio a oportunidade de partilhar palcos com grandes bandas nacionais e internacionais. Mesmo com a saída de alguns membros, a banda nunca parou de tocar nem de estar em evidência na cena portuguesa, e com isso, lançaram o 2º disco, “Sempre a lutar” em 2015, mais uma vez pela HellXis Records.

Um dos membros fundadores mais criativos e pró ativo da banda, Ricardo Silva (Mike) muda-se para o Norte de Portugal, e inevitavelmente, visto o trabalho de composição da banda ser maioritariamente em grupo e em ensaio, surge o Ivo Salgado para assumir as baquetas, amigo da banda de longa data que se enquadra completamente no espírito do Mordaça, desde o convívio, responsabilidade e o gosto musical.

Em 2019 com o lançamento do EP ‘Tiros Perdidos’, o plano era realizar uma tour para divulgar o novo trabalho, incluindo um show no Brasil com a banda Macakongs 2099, que rendeira um split. Devido à pandemia do coronavírus, o plano foi adiado e o Mordaça seguirá promovendo o EP recém lançado, ‘Caminhos Obscuros’.

Jéssica Mar, colecionadora de música desde os 13 anos de idade. É formada em gastronomia e dona da “A Menina que Colecionava Discos”. Criou uma maneira de mostrar que mulher também coleciona e entende de som, com o objetivo de inserir o Feminino em todos os estilo de Rock e Metal.

Fotógrafa, assessora e redatora em diversos sites de música!
@eusouajessicamar